Dicas, Equipamentos

Pendurando a camisa

10

Já tentou pegar algum objeto na parte de cima do seu armário sentado numa cadeira? Ahá! Aposto que esse é um dos motivos pelo qual muita gente acha difícil uma pessoa com deficiência ter uma vida independente! Eu também pensava assim…

Mas graças ao polegar opositor e a nossa capacidade de raciocínio, que nos faz diferentes dos demais primatas, conseguimos sempre encontrar uma solução para os pequenos problemas do dia-a-dia. A primeira na qual pensamos e a mais óbvia é: não usar prateleiras altas e deixar tudo sempre mais à mão. Mas e o que fazer com camisas sociais e roupas que não podem amassar? Como guardá-las de outra forma que não seja pendurando-as com cabide no armário? Seus problemas terminaram! Conheça agora o incrível “pendurador de roupas cabo com gancho”!

Foto 1: Pegador de roupas feito com vareta e gancho Foto 2: Pegador de roupas sendo usado para guardar uma roupa no armário

Pode parecer mambembe, mas é uma excelente solução. Os mais habilidosos podem até fazê-la em casa. Arrume um cabo de vassoura ou algum outro cabo de madeira, serre-o para que fique com cerca de 1 metro de comprimento e prenda um parafuso em forma de gancho numa de suas pontas. Fácil de fazer, mas muito útil para o seu dia-a-dia. E se você não se dá bem com serrotes e chaves de fenda, tenho certeza de que qualquer marceneiro faz pra você quase de graça.

E você? Conhece alguma outra boa idéia para resolver esses probleminhas cotidianos?

Sobre o autor / 

Bianca Marotta

10 Comentários

  1. Jaqueline Athaide sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 em 12:38 -  Responder

    Eduardo, parabéns pelo blog!!!! Está cada vez melhor!!! Não sou cadeirante nem convivo com nenhum, mas tenho grande interesse em ler constantemente seu blog para assim eu poder ajudar alguém ou até mesmo se acontecer comigo saber como agir!! Parabéns!!!

    dezembro 7th, 2007 - 12:38
    Mão na Roda respondeu:

    Olá Jaqueline! Ficamos felizes em saber que o blog está repercutindo! Sinta-se à vontade para opinar, dar sugestões e voltar sempre! Abs, Bianca

  2. Claudia Regina da Silve Moura sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 em 17:14 -  Responder

    Lendo estas materias, não poderia de deixar de reforçar, a necessidade da Terapeuta Ocupacional, o papel deste profissional e de sua importancia.
    Este trabalho e desenvolvido no que falamos adaptação da vida diaria, este profissional desenvolvem toda uma parte funcional.
    Infelizmente, este profissional de saúde ,enfrentam 4 anos de fac. passam por todo um processo de qualificação e o SUS, pouco valorizam este profissional, só tem acesso a este profissionais pessoas esclarecidas…. ou que alguem falaou de susa existencia.
    Procure o CREFFITO no Rio, ele pode esclarecer todas as duvidas.
    Cmoura

    dezembro 7th, 2007 - 17:14
    Mão na Roda respondeu:

    Olá Claudia, conhecemos a importância dos terapeutas ocupacionais. Ajudam muito na reabilitação. Obrigada pela visita e volte sempre! Abs, Bianca

  3. ticipoubel sexta-feira, 7 de dezembro de 2007 em 19:24 -  Responder

    Maravilha esse aparato! Tem milhões de soluções super engenhosas pra fazer tudo, tudinho mesmo. Um cara aqui do Rio, o Luis, tem uma loja (a "L e M") e fabrica qualquer idéia que você tiver pra vencer essas dificuldades. Eu, como tenho uma lesão cervical, tenho comprometido o movimento das mãos também, por isso uso adaptadores pra usar o computador, pra comer. E faço tudo com a maior facilidade. Uma vez eu fui no Luis e ele tava fazendo um andador com um esquema pra encaixar o bebê conforto de uma moça que estava grávida e precisava de muletas pra andar. Bacanérrimo!

    dezembro 7th, 2007 - 19:24
    Mão na Roda respondeu:

    Oi Tici! O Luisinho tem soluções bem legais, né? Podia só fazer um precinho mais camarada. Não sei se você conhece o CVI, mas eles também tem uma oficina que faz esses adaptadores. Segue o link: http://www.cvi-rio.org.br. Abraços, Eduardo.

  4. JAQUELINE MORAES segunda-feira, 10 de dezembro de 2007 em 15:59 -  Responder

    Bem legal mesmo!!!! O caminho é esse mesmo: sair do usual e buscar soluções simples e eficazes!

    dezembro 10th, 2007 - 15:59
    Mão na Roda respondeu:

    Pois é, Jaqueline. Muitas vezes as soluções são bem simples! E bastante eficazes. Quando vi esse aparato achei bacanérrimo também! Abs, Bianca

  5. Nanduska quarta-feira, 12 de dezembro de 2007 em 16:32 -  Responder

    Tb não sou cadeirante nem convivo com um, mas sempre que posso dou uma espiada no blog. A idéia para pendurar os cabides é excelente!!! E não só para cadeirantes, também para pessoas baixinhas com armários altos. Minha avó tem 1,38m e não consegue pendurar os cabides no armário. Vou tentar providenciar um desses pra ela!

    dezembro 12th, 2007 - 16:32
    Mão na Roda respondeu:

    Ótima idéia fazer um desses para a sua avó! Espero que ajude! Depois nos conte se deu certo. Abs, Bianca

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Publicidade

Facebook