De volta da Reatech

Pavilhão da Reatech no Centro de Exposições ImigrantesDe volta ao Rio, depois de um fim de semana intenso na Reatech, em São Paulo. O que dizer? Muita coisa! Como novata no assunto, minha impressão foi das melhores. A feira estava muito bem organizada e tinha muito a oferecer.

Os maiores stands ficaram por conta dos fabricantes de carros e cadeiras de rodas, como já era de se esperar. Mas a quantidade de soluções voltadas para os segmentos de reabilitação e acessibilidade impressionava mais do que o gigantismo dos stands. Dava gosto ver que as soluções existem, algumas iniciativas estão sendo tomadas e que o assunto é cada vez mais discutido e encarado como importante – e lucrativo até.

Além das novidades em tecnologia, vimos muitos e muitos stands de associações, ONGs e serviços ligados ao tema da feira. Sem sombra de dúvidas, um evento como esse é o lugar para se fazer contatos e conhecer as pessoas por trás das iniciativas. E a visita à feira já teria valido à pena só por conta disso.

Infelizmente, não tivemos tempo de assistir às palestras. Nossa idéia era passar o sábado inteiro na feira e aproveitar o domingo para passear em SP, mas era tanta coisa pra ver e tanta gente pra conhecer, que decidimos voltar à feira no domingo.

Resumindo: o saldo foi pra lá de positivo. Agora é juntar as informações e fazer posts bem legais para o blog. Aguardem!

5 thoughts on “De volta da Reatech

  • 28 de abril de 2008 em 23:54
    Permalink

    É isso, foi um prazer imenso conhecê-los na reatech e espero poder nos encontrarmos novamente, sem dúvidas o tempo foi curto! Grande abraço! estou no aguardo dos próximos posts!

    Resposta
    • 28 de abril de 2008 em 23:54
      Permalink

      O prazer foi nosso Christian! Espero poder sempre voltar à Reatech. Ah, os posts mais "técnicos" devem começar amanhã! Abração, Dado.

  • 29 de abril de 2008 em 09:05
    Permalink

    Também estive lá no domingo. Uma pena não ter tido a chance de conhecê-los. Mas um dia volto pro Rio. Abraços.

    Resposta
    • 29 de abril de 2008 em 09:05
      Permalink

      Oi Evandro! Uma pena mesmo… Nem sabíamos que vc estaria por lá. Podíamos ter marcado para nos conhecermos. Abraços, Eduardo.

  • 30 de abril de 2008 em 09:35
    Permalink

    Eduardo, só fui ver que vcs estavam por lá, depois que cheguei em casa e vi a sacola da minha mãe cheia de felipetas, incluindo as de vcs.rsrsrsrsrsr.Deixa pra próxima.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *