Hotéis e Pousadas, Viagens e Turismo

Hotel Formule 1 – Paraíso – São Paulo

15

Rampa de entrada e vaga de estacionamento reservada para pessoas com deficiênciaNa busca de um hotel barato em Sampa,  a melhor opção encontrada foi o Formule 1. E a unidade escolhida, a do bairro Paraíso, foi dica do Christian – leitor aqui do blog. Dica perfeita, por sinal, pois o hotel fica na mesma quadra da estação de Metrô Paraíso e para pegar o trem não é necessário sequer atravessar a rua.  Ah, essa estação não tem elevadores, mas pode-se usar as escadas rolantes com ou sem o auxílio dos funcionários do Metrô.

Voltando ao Formule 1, as áreas comuns do hotel são bastante acessíveis. Há rampa na entrada, balcão de atendimento rebaixado e a área destinada ao café da manhã – não incluído no valor da diária – também é plana e possui boas mesas para quem é cadeirante. Para quem vai de carro, o hotel possui estacionamento, pago à parte.

Esse hotel é bem simples, então não vá esperando mordomias. Mas é limpo e o quarto adaptado em que ficamos tinha bom espaço para circulação de cadeiras de rodas. O quarto também tinha uma pequena mesa – com bom espaço e altura -, um cabideiro (alto demais para um cadeirante usar), uma cama de casal e uma do tipo beliche, que ficava sobre a de casal. Ou seja, dá pra acomodar 3 pessoas no quarto – como em qualquer quarto do Formule 1 –,mas uma delas terá que subir a escadinha para dormir no beliche. Ah, o preço do quarto é sempre o mesmo, independente do número de pessoas hospedado nele. Esse número pode variar de um a três.

Cabideiro, cama e mesa do quarto

Por último, o banheiro é bastante amplo, e sua porta tem 80cm de largura. Não há box no chuveiro – o que é ótimo – e há barras de apoio e uma cadeira de banho para facilitar as coisas. O espelho também é inclinado para baixo, de forma que alguém sentado pode ver boa parte do corpo. Apesar disso, senti falta de uma barra de apoio na lateral do vaso sanitário e de prateleiras.

Pia, espelho, espaço do chuveiro com cadeira de banho e vaso sanitário

Ah! Mais uma informação sobre o Formule 1: alguns funcionários são deficientes auditivos. Ponto para eles!

Fica a dica para quem quer se hospedar em São Paulo em um hotel acessível e gastando pouco.

• • •

O que gostamos:

• Entrada e áreas comuns acessíveis
• Quarto com bom espaço para circulação
• Banheiro amplo e chuveiro sem box
• Maior parte dos móveis com altura adequada

O que pode melhorar:

• Não há barra de apoio na lateral do vaso sanitário
• Falta de prateleiras no banheiro
• Cabideiro muito alto

• • •

Hotel Formule 1 Paraíso
Rua Vergueiro, 1571
Paraíso – São Paulo – SP
Telefone: (11) 5085-5699
www.formule1.com.br

Sobre o autor / 

Eduardo Camara

Se não está viajando, está pedalando. Muitas vezes, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

Artigos relacionados

15 Comentários

  1. Evandro Bonocchi quarta-feira, 28 de maio de 2008 em 09:55 -  Responder

    A cadeira de banho é do hotel? Se for, coloca uns mil pontos pra ele!

    maio 28th, 2008 - 09:55
    Mão na Roda respondeu:

    Oi Evandro, a cadeira é do hotel sim! E, em todos da rede Accor que já fiquei, existia cadeira de banho ou então aquele banco retrátil no chuveiro. Abraços, Eduardo.

  2. Rubens-Genebra quarta-feira, 28 de maio de 2008 em 10:06 -  Responder

    Os hoteis formula 1 sao de um grupo francês. Aqui na europa, eles funcionam igual e tem o mesmo tipo de quarto, a diferença é que aqui eles tem banheiros coletivos…

    maio 28th, 2008 - 10:06
    Mão na Roda respondeu:

    Pois é, Rubens. Gostou muito desse sistema onde você não paga por coisas que não vai usar. É ótimo para quem fica o dia todo na rua e apenas dorme no hotel. Abraços, Eduardo.

  3. Ludmilac quinta-feira, 29 de maio de 2008 em 23:49 -  Responder

    Dado, show de bola a decisão do supremo, né?
    Eu nunca conversei contigo sobre isso, mas achei a decisão um primeiro passo de vitória.
    Bjs,
    Lud

    maio 29th, 2008 - 23:49
    Mão na Roda respondeu:

    Realmente foi um avanço e tanto, Lud! Fiquei super feliz com a decisão. Não que eu tenha aquela expectativa toda em relação às pesquisas, mas acho que elas podem melhorar a vida de muita gente. E também acho que é fogo usar religião para atravancar a ciência, né? Beijão!

  4. Rose Vieira quinta-feira, 29 de maio de 2008 em 00:52 -  Responder

    agora tu vai ter q pesquisar um assim no Rio, pq eu acho q vou precisar.

    bjo

    maio 29th, 2008 - 00:52
    Mão na Roda respondeu:

    Oi Rose! Entra no site que tem um Formule 1 recém inaugurado no Centro do Rio. Apesar de não ser uma área muito legal à noite, de dia é tranqüilo e ainda é perto da estação Carioca do Metrô, que é acessível. Outra opção é o SESC de Copacabana. Muito bem localizado e era barato também. Vou tentar agendar uma visita para saber como são os quartos adaptados e aproveitar para verificar os preços. Beijos, Dado.

  5. MARCO AURÉLIO DE FARIAS GUIMARÃES quarta-feira, 28 de maio de 2008 em 19:23 -  Responder

    Não tem box, mas deveria ter cortinas e um chuveirinho. O banheiro deve ficar alagado assim!

    maio 28th, 2008 - 19:23
    Mão na Roda respondeu:

    Oi Marco! Segundo a camareira, a cortina do nosso banheiro tinha rasgado e ainda não tinham reposto. Mas você tem absoluta razão… Molhou tudo! O chuveirinho (no box e no vaso) realmente fez falta. Bem lembrado! Abraços, Eduardo.

  6. João Luiz Silva Brandão Costa sexta-feira, 30 de maio de 2008 em 16:56 -  Responder

    Eduardo,
    Dá pra fazer uma visita exporatórias no novo teatro Oi Casa Grande.
    Ouvi dizer que é adaptado para pessoas com dificuldade de locomoção. Porém, quando passo pela porta, vejo logo de cara um lance muito íngreme de escadarias.
    Como será então o acesso?

    maio 30th, 2008 - 16:56
    Mão na Roda respondeu:

    Oi João! Fiquei sabendo hoje que é adaptado sim. Há uma entrada com rampa para pessoas com deficiência, banheiros adaptados e elevadores. Mas parece que os cadeirantes precisam assistir os espetáculos na platéia, pois não há lugar reservado no balcão nobre. Se formos lá pessoalmente, faremos um texto sobre o teatro! Abraços, Eduardo.

  7. Hilda domingo, 12 de setembro de 2010 em 12:55 -  Responder

    Só acho péssimo a falta de bidê(eletrônico ou não) ou chuveirinho higiênico nos banheiros adaptados!

    setembro 12th, 2010 - 13:48
    Eduardo Camara respondeu:

    Concordo, Hilda! O chuveirinho ajuda um bocado!

  8. clovis domingo, 7 de abril de 2013 em 16:22 -  Responder

    eu gostaria de saber se alem destas adaptações tem alguma no teto para que eu póssa me segurar e alguem me ajudar para ir para a cama,uma corda com uma haste para poder segurar ou outra coisa parecido,agradeço muito se tiver em algum lugar e puderem me indicar, muiot obrigado.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Publicidade

Facebook