Assaltante cadeirante

símbolo universal de acesso com bonquinho segurando uma armaAnteontem vi uma notícia sobre a prisão de uma quadrilha especializada em roubo de carros que atuava em São Caetano, no estado de São Paulo. Até aí, nada demais. Assim como essa quadrilha, provavelmente existe um monte de outras. Mas o que me surpreendeu foi que um dos bandidos era cadeirante! Não, você não leu errado.

Ricardo Rodrigues, paraplégico, era um dos integrantes da quadrilha e foi preso dirigindo um dos carros roubados (!!!). Segundo a polícia, ele utilizava uma bengala para acionar os pedais do automóvel e sua cadeira de rodas estava na mala do carro.

Para completar, entre as vítimas da quadrilha está uma família que tem uma criança cadeirante. Mas os bandidos não quiseram saber: como o menino tinha dificuldades para sair do carro, jogaram-no na rua.

Essa é mais uma prova de que, apesar da deficiência, as pessoas são capazes de fazer praticamente tudo. Para o bem, ou para o mal. Como já comentamos em outro texto aqui do blog, não é por ser cadeirante que a pessoa necessariamente é boazinha, né?

Eduardo Camara

Se não está viajando, está pedalando. Muitas vezes, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

5 thoughts on “Assaltante cadeirante

  • 27 de junho de 2008 em 15:18
    Permalink

    Inacreditável… parece até notícia de outro blog aqui do Jornal: Page Not Found!

    Resposta
  • 29 de junho de 2008 em 16:02
    Permalink

    Aqui no Rio existem alguns traficantes cadeirantes. Os que eu li a respeito ficaram deficientes em confrontos com a polícia.

    Resposta
    • 29 de junho de 2008 em 16:02
      Permalink

      Oi Bento! Imagino que existam mesmo… Durante a minha reabilitação, conheci diversos policiais que se tornaram cadeirantes em confrontos com bandidos e também outras pessoas que estavam do outro lado. Sabe como é, né? Depois da reabilitaçao, as pessoas voltam à trabalhar. Abraços, Eduardo.

  • 9 de maio de 2012 em 19:13
    Permalink

    Parabéns pela iniciativa deste blog, adorei!
    Abraços,
    Paula.

    Resposta
    • 11 de maio de 2012 em 11:09
      Permalink

      Obrigado, Paula! Volte outra vez pois estamos sempre colocando novidades 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *