Tudo bem, lindinha?

Balão com os dizeres: Tudo bem, lindinha?Não sei se acontece com todos, mas comigo sim. E constantemente. Outro dia mesmo, estava trabalhando quietinha na minha baia, quando alguém passou, deu um tapinha nas minhas costas, e disse: "Tudo bem, lindinha? ". Logo depois, sorriu e se foi. E eu fiquei com cara de "ué?", pensando “quando foi que eu conheci essa pessoa?”.

Acredito que o fato de ter uma característica marcante, como a cadeira, faz com que as pessoas se lembrem mais facilmente de mim. Mas nem sempre eu lembro de todos que cumprimento. Até porque não sou lá boa fisionomista e, acreditem, sofro com isso. Enfim, não quero parecer antipática com as pessoas, mas ta aí uma situação que às vezes me deixa constrangida. E não tenho muito o que fazer, além de responder com outro sorriso e dizer : "Vou bem, obrigada. E você?".

9 thoughts on “Tudo bem, lindinha?

  • 17 de julho de 2008 em 18:19
    Permalink

    Cris,

    Quando a pessoa está só passando ótimo. Pior é quando fica e quer puxar papo. Sem a gente lembrar quem é… Nessa situação, experimente responder "Vou bem sim. E o pessoal, tem visto?" Com isso a pessoa vai acabar falando alguns nomes que podem te servir de dica para contextualizar de onde conhece o infeliz, he he he

    Resposta
    • 17 de julho de 2008 em 18:19
      Permalink

      Essa é uma excelente dica! Vou usá-la daqui pra frente. bjos, Bianca

  • 18 de julho de 2008 em 08:48
    Permalink

    geralmente chegam por trás e dão o famosa tapinha em um ombro e estão do lado oporto pra fazer vocês olhar pro lado errado ainda… Ou então você está ao telefone e o cara fica esperando com aquela cara de tonto…

    Resposta
    • 18 de julho de 2008 em 08:48
      Permalink

      Ih! Eu adoro fazer essa brincadeira infame de dar um tapa num ombro e ficar do outro lado 😛 Vou tentar não fazer mais isso… bjos, Bianca

  • 19 de julho de 2008 em 23:24
    Permalink

    nossa acontece mutio, a maioria dessas pessoas sao idosas, nao sei oq acontece deve ser a cadeira mesmo !

    posso colocar o link do seu blog no meu ?

    bjs

    Resposta
    • 19 de julho de 2008 em 23:24
      Permalink

      Oi Jady, pode ficar a vontade para linkar o nosso blog no seu. Obrigada! Beijos, Bianca.

  • 20 de julho de 2008 em 12:27
    Permalink

    Acho que todos nós passamos por isso. pior ainda é quando a pessoa sabe o nosso nome e a gente fica com cara de paspalho sem nem saber de onde te conhecem. tenho inúmeras experiencias como essa, desde parentes distantes até colegas de trabalho, passando por colegas de primario, ginásio, faculdade, e por aí vai.

    Resposta
    • 20 de julho de 2008 em 12:27
      Permalink

      Nessas horas não tem muito jeito. Ou a gente tenta se lembrar de onde conhece a pessoa ou é direto e diz que não se recorda. Mas haja cara-de-pau pra isso, né? bjos, Bianca

  • 4 de setembro de 2008 em 10:42
    Permalink

    OI Cris, isso acnotece muito com meu marido, todo mundo cumprimenta, mas o q acho pior é q sempre aparece um bebado ou um religioso de qq tipo para uma pregação, se vc tiver fé, se vc for a minha igreja, Jesus vai ajudar, ele é muito educado fica ouvindo tentando fugir. Eu já não tenho muita paciencia (ou educação rsrs) e já me peguei dizendo com toda educação: "com licença, o senhor poderia ir encher o saco de outro?"

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *