A primeira atriz cadeirante em uma novela brasileira

Tábata ContriE por falar em cadeirantes em novelas, lembrei que não chegamos a escrever sobre a participação, pela primeira vez numa novela brasileira, de uma atriz cadeirante (valeu pela lembrança, Ticiana!). Trata-se da atriz Tábata Contri, que faz o papel da Joana na novela Água na Boca, na Band. Parece que desta vez eles resolveram acertar, hein? Ponto para a Band!

Outro ponto também vai para o autor da novela, que escolheu criar uma personagem que já começa a trama cadeirante e que, diferente das demais histórias que já vimos por aí, não voltará a andar por um milagre da medicina ou força de vontade.

Mas o que mais me chamou a atenção foi o fato de que a história da personagem NÃO gira em torno da sua deficiência, segundo palavras da própria atriz (veja vídeo abaixo com a entrevista) e sim em torno de problemas pessoais da tal "Joana". Nada de pobrezinha e coitadinha da cadeirante que não tem vida própria. Tem até cena dela na cama com o namorado. (Calma, gente. Nada de nudez ou erotismo, não. É só uma cena romântica).

Acho que, desta vez, a arte resolveu imitar a vida! Alguém aí já conferiu a novela e pode nos contar o que achou?

 


Enviado porCris Costa e Bianca Marotta

5/11/2008

16:07

Cadeirante em novela – mais um!

símbolo de cadeira de rodas na televisãoDia desses, a Cris, colaboradora do blog, nos enviou um email, falando sobre mais uma novela na qual um dos personagens ficará paraplégico. Começamos uma pequena discussão que resolvemos continuar por aqui. Sei que já falamos sobre o assunto, mas é sempre bom retomar um tema. Que tal dar sua opinião a respeito nos comentários?

Cris – Hoje, olhando a página principal de um site, li a notícia (importantíssima, aliás, rs) de que um personagem de novela ficará paraplégico após uma briga. Será que tem cota de personagem deficiente nas novelas? Ou finalmente estão querendo usar o veículo como forma de conscientização? Torço para que abordem o tema da forma mais positiva possível. Enfim, é aguardar e esperar!

Bianca – Parece que está mesmo entrando na moda falar sobre pessoas com deficiência. Pelo menos nosso blog foi vanguarda, né? 😛
Eu acho importante que isso seja dito e repetido, só não gosto da maneira como o assunto é abordado. Nunca é de uma forma completamente natural. Lembro-me de um dia que, mudando de canal, me deparei com uma cena da novela "Beleza Pura", na qual, inclusive, um salão de beleza foi reformado e se tornou acessível. A cena era completamente sem sentido no contexto da trama, nem se passava no tal salão acessível. Um dos personagens, que era dono de um posto de gasolina, fazia entrevistas para emprego com cadeirantes. Pra "enriquecer a cena" surgia um frentista perguntando o que era tudo aquilo. Ao que o dono do posto respondia, com todas aquelas frases feitas que já conhecemos, que estava dando oportunidade para pessoas com deficiência, que a gente precisava tratar todo mundo como igual e blablabla. Logo em seguida chegava sua namorada e eles mudavam radicalmente de assunto, voltando para a trama da novela. Parecia cena comprada de propaganda, sabe? Nem preciso dizer que tinha uma baita logomarca do posto de gasolina ao fundo, né? 
Por outro lado ouvi falar que na Malhação já abordaram o tema de uma forma bem legal. Um bom sinal!

Alguém mais sabe de alguma novela com cadeirantes? O que vocês acham disso? Comentem!

Facebook Comments

4 comentários em “A primeira atriz cadeirante em uma novela brasileira

  • quinta-feira, 6 de novembro de 2008 em 23:41
    Permalink

    Vale mais do que qualquer campanha! Iniciativa louvável da Band! Mas ainda não assisti, não…
    brigadinha pela lembrança da lembrança e pelo link!
    beijos!

    novembro 6th, 2008 - 23:41
    Mão na Roda respondeu:

    Tenho que me lembrar de assistir à novela também! beijos, Bianca

    Resposta
  • segunda-feira, 10 de novembro de 2008 em 12:01
    Permalink

    PARABÉNS A BAND,E A TABATA ARRASANDO COMO SEMPRE,SEJA NOS PALCOS OU NA TV,ESSA MENINA BRILHA.
    ABRAÇOS.

    novembro 10th, 2008 - 12:01
    Mão na Roda respondeu:

    Pois é, Leandro. A Tábata é um amor de pessoa. Parabéns a ela, sim! Abs, Bianca

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest