Hotéis e Pousadas, Viagens e Turismo

Hotel Villa Bella – Gramado

12

Há alguns dias atrás, fui informada pelo pessoal da editoria Viagem, do Globo na Internet, que o Hotel Villa Bella em Gramado tinha investido em obras de acessibilidade. Ficamos interessados e entramos em contato com o pessoal da assessoria do hotel. Se o hotel fosse aqui no Rio, já teríamos batido ponto por lá. Mas como ele fica um pouquinho longe e acabamos de voltar de férias, tivemos que contar com o material que nos foi enviado, que, aliás, nos surpreendeu um bocado.

banheiro adaptado da suíte

Segundo informações que recebemos, atualmente, o Hotel conta com 10% dos seus apartamentos adaptados. O que consideramos um bom número! As portas e corredores são mais largos, os banheiros têm barras de segurança, piso antiderrapante, cadeira especial no chuveiro, pias e vaso sanitário de fácil acesso. As áreas sociais do hotel possuem rampas e banheiros com adaptação.

Recepção do hotel

piscina com adaptaçãoUm ponto que nos chamou a atenção foi a preocupação com a área das piscinas e com a recepção. Na primeira, o piso é antiderrapante, uma cadeira-elevador facilita o acesso do hóspede à piscina e há barras de apoio dentro dela. Já na recepção do hotel não vemos o tradicional balcão. No lugar dele, temos mesas de atendimento que eliminam barreiras e permitem que todos os clientes tenham um atendimento personalizado.

Há também cadeiras de rodas à disposição no hotel e o braile está presente no cardápio do restaurante, guias de serviços dos apartamentos e nas sinalizações dos elevadores.

painel de elevador e cardápio em brailleAinda segundo a assessoria de imprensa do Villa Bella, seu Bistrô e o Salão do Café da Manhã têm mesas acessíveis e espaço para circulação. Além disso, a equipe do hotel participa periodicamente de cursos de preparação para atender pessoas com deficiência.

Para completar nosso post, resolvemos tirar algumas últimas dúvidas. Quem nos respondeu foi o assessor de imprensa, Tiago Costa, da Due Company que atende o hotel:

Mão na Roda: Como surgiu a iniciativa de adaptar o hotel?
Tiago Costa - No período de desenvolvimento do projeto do Hotel Villa Bella, 1987/88, em busca das exigências da Embratur, o diretor do hotel, Roger Baqui, conheceu a diretora de Planejamento de Acessibilidade da cidade do Rio de Janeiro, na época, Marlene de Azevedo, que é cadeirante. O Diretor Roger foi, então, ao encontro da Sra. Marlene de Azevedo e teve a oportunidade de presenciar as dificuldades que uma pessoa com limitações físicas tem na sua estada em um hotel, observando como eram seus passos desde a chegada, passando pelo café da manhã, até o uso das dependências sociais (elevador, piscinas e área de lazer).
“Me sensibilizei e planejei a acessibilidade do Villa Bella”- Diretor Roger Baqui.

MnR – O hotel emprega alguma pessoa com algum tipo de deficiência?
TC - Sim, um funcionário com deficiência mental. E o hotel está aberto a mais colaboradores com este perfil. Atualmente são 40 colaboradores no total.

MnR – O hotel já recebeu hóspedes com deficiência?
TC - Sim. Temos uma ocupação regular desses hóspedes.

MnR – As tarifas dos quartos adaptados são semelhantes às dos demais quartos?
TC - As tarifas são de igual valor para todos os quartos adaptados ou não, os valores se diferenciam com relação ao tipo de categoria: Standard (sem vista para o Vale), Super Luxo (vista parcial para o Vale) e Super Luxo Especial (vista Frontal do Vale).

MnR – O traslado de POA para Gramado e o city tour em Gramado, que o hotel oferece como serviço à parte, são acessíveis para pessoas em cadeira de rodas?
TC - Até onde se tem conhecimento a agência Turistur, de Gramado, oferece transporte com alguma adaptação.

Pra finalizar, o diretor do hotel antecipa que o próximo passo será criar um destino com roteiro 100% acessível. “Em Gramado já existem restaurantes, cafés coloniais, lojas, além do centro da cidade, que está totalmente adaptado para este público”.

. . .

Hotel Villa Bella – Gramado – RS
Tel: (54) 3286-2688
E-Mail: hotel@hotelvillabella.com.br
Site: http://www.hotelvillabella.com.br/

Sobre o autor / 

Bianca Marotta

12 Comentários

  1. Evandro Bonocchi quarta-feira, 12 de novembro de 2008 em 09:45 -  Responder

    Bianca, na minha opinião, hotéis, pousadas e restaurantes adaptados, deveriam receber uma estrela a mais e BEM GRANDE!
    SHOW DE BOLA!!!

    novembro 12th, 2008 - 09:45
    Mão na Roda respondeu:

    A gente só não fez uma avaliação completa do hotel, com cadeirinhas e tal, porque não estivemos lá pra conferir. Mas pelas fotos e pela descrição, ele seria avaliado como ótimo! Com certeza! Abs, Bianca

  2. julio pecly quarta-feira, 12 de novembro de 2008 em 19:47 -  Responder

    DEVIDO A TRABALHAR COM CINEMA, SEMPRE ESTOU EM HOTEIS E A MAIORIA NAO TEM ADAPTAÇOES, A PIOR HORA É A HORA DE TOMAR BANHO, POIS NUM BANHEIRO SEM ADAPTAÇOES, A PESSOA PODE CAIR E AS VEZES PODEM CAIR DUAS PESSOAS, O PORTADOR DE DEFICIENCIA E QUEM O ESTA AJUDANDO. ESSE HOTEL ESTA DE PARABENS, PELA FOTO DO BANHEIRO, VI QUE A ACESSIBILIDADE ALI É OTIMA, E AQUELA CADEIRA QUE AUDA A ENTRAR NA PISCINA, SHOW DE BOLA!! TOMARA QUE OPUTROS HOETIS SE ESPELHEM NESSE!!!!

    GOSTEI!!!!!!!!

    novembro 12th, 2008 - 19:47
    Mão na Roda respondeu:

    Também adoraríamos que todos os hotéis e estabelecimentos de um modo geral seguissem esse exemplo. Mas isso, só com lei obrigando e fiscalização em cima. Infelizmente…

  3. Valéria Aliprandi quarta-feira, 19 de novembro de 2008 em 19:55 -  Responder

    Estive na cidade de Gramado em fev deste ano e me informei ao máximo sobre a acessibilidade da cidade e proximidades. Na ocasião, encontrei esta matéria online:

    http://gramadosite.com.br/noticias/autor:redacao2/id:13810/xcoluna:1/xautor:1

    que já falava do Villa Bella, contudo não pude me hospedar lá, pois a empresa de turismo q fechei meu pcte não trabalhava c/ este hotel. Fiquei no Serrano Resort q diria ser "semi-adaptado". O qto e banheiro eram considerados adaptados, mas tinham uns defeitos, eles não tiveram aquela sacada do balcão da recpção, por exemplo, mas o hotel Serrano tem mais acertos do q falhas qto a acessibilidade. È uma opção tb! Já a cidade de Gramado é nota 10! um cadeirante circula sozinho tranquilamente!! Falhei em não registrar tudo nas fotos, mas estava tão deslumbrada com a beleza da Serra Gaúcha q acabei esquecendo!!! Vale a viagem… abraços
    Valéria

    novembro 19th, 2008 - 19:55
    Mão na Roda respondeu:

    Oi Valéria, já conheço Gramado e é mesmo uma cidade belíssima. Mas estive lá há séculos atrás, então nem me lembro de como era a acessibilidade da cidade. Só consigo imaginar que seja excelente mesmo, pois lembro de ter ficado bastante impressionada com a organização dos gaúchos. Valeu pelo comentário! beijos, Bianca

  4. Alexandre Dias de Castro sexta-feira, 22 de maio de 2009 em 14:27 -  Responder

    Olá
    Eu estive semana passada em gramado e só fui pra lá pq descobri esse hotel. Eu recomendo. Acessibilidade total, incluindo o que mais me é necessário: cadeira de banho com rodas. Aliás eles possuem uma meia dúzia pelo menos.
    Além disso eles tem uma kombi adaptada para levar o pessoal cadeirante até o centro da cidade. E os funcionários são extremamente atenciosos e preparados.
    Vale a pena conhecer.

  5. Gustavo sábado, 13 de fevereiro de 2010 em 00:51 -  Responder

    Eu estive no Vovó Carolina em gramado. Não tenho problemas de mobilidade (não gosto de falar deficiente, acho errado), mas me hospedei num quarto exclusivo para pessoas assim, e posso dizer que é todo equipado, tinha coisas que eu nunca tinha visto. Abraços.

    fevereiro 18th, 2010 - 13:06
    Cris Costa respondeu:

    Oi Gustavo! Há uns 4 anos fui pra Gramado e fiquei hospedada nessa pousada (Vovó Carolina) e gostei muito do quarto adaptado. Só fiquei surpresa de encontrar a entrada do hotel com escadas e sem rampas. Ou já mudaram isso? No mais, a pousada é 10! Bjs, Cris.

  6. Gustavo quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 em 16:19 -  Responder

    ae tu me pegou…não lembro..acho que não tem rampa. Acho que é a única deficiência (isso sim) da pousada. E botar um elevador não sei aonde eles poderiam pôr. Mas o interessante, apesar de eu achar a pousada a melhor de gramado. Os apartamentos com as adaptações ficam no andar de cima,enquanto nos apartamentos do térreo acho que não têm.(já fiquei em um). O que deveria ser ao contrário. Vá saber.

  7. Geovani RIbeiro segunda-feira, 21 de março de 2011 em 21:06 -  Responder

    Geovani Rosa Ribeiro, aqui na Pousada de charme Villa do Comendador estamos melhorando a todo momento nossa estrutura visando adaptar a área dos quartos e áreas comuns.
    Geovani Ribeiro

    março 21st, 2011 - 21:50
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Geovani,
    Ficamos muito felizes em saber dessa preocupação de vocês. Se puderem listar algumas das melhorias (fotos seriam muito bem-vindas), a gente pode publicar por aqui. Mande um email para maonarodablog@gmail.com
    Abraços!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Handbikes

Publicidade

Facebook