Uau! Cadeirante radical!!!

Navegando pela internet dia desses, encontrei uma foto de uma cadeirante com sua filha e uma legenda que mostrava a admiração e surpresa do fotógrafo. Ele tinha acabado de vê-la empinando a cadeira de rodas com sua filha no colo e estava estupefato!

Lembrei-me então, da primeira vez em que vi o Dado empinando sua cadeira. Na época pensei: “Uau! Como ele é radical! Que maneiro, tenho um namorado que faz altas manobras na cadeira de rodas!”. Pouco tempo depois aprendi que empinar a cadeira de rodas não tem nada de muito radical. Muito pelo contrário. É essencial pra sobrevivência de qualquer cadeirante. Principalmente em cidades como a nossa, onde a cada meio metro se esbarra em algum buraco, calçada sem rampa ou desnível.

Pensem comigo: a pessoa está sentada. Se ela precisa descer uma rampa e não sabe empinar a cadeira, ela simplesmente tomba pra frente. O mesmo pode acontecer se ela vai passar por cima de um buraco. Se tentar passar sem empinar, as rodinhas da frente prendem no buraco, a cadeira fica e a pessoa vai! É tudo uma questão de física. Se você reparar, mesmo quem não toca a própria cadeira, tem ela empinada pela pessoa que a empurra em situações como esta.

Cadeirante descendo ladeira sem empinar e empinando.

Ainda assim, acho meu namorado super radical. Até porque já me sentei na cadeira dele e tentei empiná-la e não consegui de jeito nenhum. Muito medo! Também adoro vê-lo descendo rampas em “alta velocidade” diante do olhar surpreso das pessoas em volta.

E você precisa ver quando ele pega a escada rolante, menina! Ah, mas isso já é assunto pra outro post!

Comentários

Comentários

6 comentários em “Uau! Cadeirante radical!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest