Mais 500 ônibus adaptados circulando pelo Rio!

No último mês tive impressão de que o número de ônibus adaptados circulando pela cidade tinha aumentado. Tentei até achar alguma informação sobre o assunto na Internet, mas não consegui. Na última sexta-feira, finalmente me deparei com uma ótima notícia informando que o Rio ganhou 500 ônibus adaptados!

Fiquei muito feliz, pois finalmente começaram a cumprir a lei. Isso é resultado de um decreto municipal do final do ano passado, que determina que todos os ônibus incorporados às frotas das empresas do Rio – novos ou usados – devem ser adaptados. O número de ônibus acessíveis ainda é pequeno se comparado com o número total de ônibus (quase 10 mil), mas o mesmo decreto também estabelece que até 2014 todos os ônibus circulando devem ser adaptados!

Mais uma vez, reforço que os ônibus adaptados não servem apenas para cadeirantes, mas para diversas outras pessoas com mobilidade reduzida como idosos e grávidas ou então pessoas com carrinho de bebê, por exemplo.

E você, leitor? Já testou algum dos novos ônibus acessíveis do Rio?

Comentários

Comentários

Eduardo Camara

Se não está viajando, está pedalando. Muitas vezes, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

7 comentários em “Mais 500 ônibus adaptados circulando pelo Rio!

  • segunda-feira, 11 de maio de 2009 em 11:56
    Permalink

    Olá Eduardo

    Também quero comemorar, mas sempre fica o gosto de migalha na boca. A verdade verdadeira é que essas coisas só estão acontecendo devido a uma candidatura olímpica. Continuo batendo na tecla de me opor a medidas paternalistas com o intuito de ficar bem na foto. Continuo achando que se não houvessem as leis demagogas, como por exemplo de gratuidade nos transportes, essa situação já estaria em outro patamar. Hoje iniciei uma série em meu blog, que fala de acessibilidade (meu filho é especial). Se quiser passar por lá, ficarei feliz.
    Um abraço.
    http://bocadiurna.blogspot.com/

    Resposta
    • segunda-feira, 11 de maio de 2009 em 11:56
      Permalink

      Marcos, concordo com você! Também penso que é melhor ter um serviço bom e pago do que ter um gratuito, porém ruim. É uma pena que tão pouca gente enxergue isso… Vou visitar o seu blog sim. Obrigado pela dica! Abraços, Eduardo.

  • segunda-feira, 11 de maio de 2009 em 12:27
    Permalink

    Uma excelente notícia! Não sei se o blog faz reportagens, mas eu já estou tentando pautar o jornal O Globo para uma matéria informando qual será o critério de distribuição desses ônibus na cidade do Rio. Meu filho de 16 anos utiliza transporte coletivo diariamente e anda sozinho com sua cadeira de rodas. Ele é paraplégico e conta com a ajuda de usuários caminhantes para subir e descer no ônibus.

    Resposta
    • segunda-feira, 11 de maio de 2009 em 12:27
      Permalink

      Oi Ivone! Não fazemos reportagens, mas sobre o critério de distribuição, pelo que sei isso não vai ser determinado pela prefeitura. O que está acontecendo é que os ônibus estão sendo substituídos gradativamente pelas empresas. À medida que um ônibus é retirado da frota (por estar velho ou quebrar), é substituído por outro acessível. E se as empresas comprarem ônibus novos, eles também devem ser acessíveis. O seu filho já notou alguma diferença no dia a dia? Apareceu algum ônibus novo adaptado nas linhas que ele usa? Abraços, Eduardo.

  • terça-feira, 12 de maio de 2009 em 17:44
    Permalink

    Moramos na Urca e aqui ainda não houve renovação da frota. Os bairros em que ele tem atividades (escola, cursos e lazer) são: Flamengo, Botafogo, Copacabana e Lapa. As linhas usadas são 511A (integração com o metrô de Botafogo), 511, 512 e 107.
    Volto a dizer: esse blog tá ficando cada vez melhor. É preciso na informação, eficaz naquilo que se propõe e pontual no envio do informativo eletrônico. Precisa ser mais, muito mais divulgado. Talvez uma matéria no caderno de Informática do Globo, no Megazine.

    Resposta
  • quinta-feira, 28 de maio de 2009 em 12:02
    Permalink

    Eduardo, sinceramente, duvido q as empresas de ônibus consigam cumprir essa meta até 2014, mesmo com a Copa do Mundo acontecendo aqui. Todos os ônibus adaptados, aqui no Brasil, infelizmente, falo isso com dor no coração, me soa como uma utopia. Mas, se serve de alento, se eles conseguirem chegar a uma meta de 60 ou 70%, já fico feliz. Muito feliz. Se pensarmos q há coisa de 5 anos atrás, se não me falha a memória, só existiam 14 ônibus adaptados rodando por aqui, ter 500 ônibus hj já é uma progressão admirável! Ter 6.000 ou 7.000 seria uma vitória! Até na Baixada Fluminense eles chegaram, sabia? São ainda poucos por lá, mas aos poucos as empresas vão "descobrindo" q na Baixada também existem deficientes. A minha amada é de lá. Mesquitense, torcedora da Beija-Flor (brrrrr!). Já pode ir pra Barra de ônibus adaptado, mas ainda não pode ir para o Centro da cidade. Um dia chegamos lá! Abraços!

    Resposta
  • terça-feira, 1 de março de 2011 em 08:32
    Permalink

    Olá, tendo um filho cadeirante, fico indignada quando vejo a falta de respeito de algumas empresas de onibus, como a 1001: seus onibus “tarifas” possuem adesivo universal no para brisas, mas nao tem acesso. Ja entrei em contato com a empresa e a pessoa responsavel foi totalmente grossa(resposta dela: o deficiente entra como sempre entrou…), tb enviei reclamaçoes a alguns orgaos e ate hoje nao obtive resposta, pois eles continuam circulando “adesivados”. Esse feriado de carnaval seria otimo para mostrar a falta de respeito, pois estao nas rodoviarias direto. Se tiverem a chance, observem o que eu falei. Desde ja agradeço atençao.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest