Cuidados com o corpo

Às vezes a gente se esquece do corpo. Ok, sei que generalizar é errado. Só posso falar por mim, né? Mas com a vida tão corrida e tanta coisa pra fazer, a gente acaba deixando de lado cuidados que são super importantes, principalmente quando se é cadeirante. Passei anooooooos sem fazer fisioterapia ou algum tipo de exercício. Sempre dei todas as desculpas possíveis: falta tempo, grana, é difícil encontrar profissionais que realmente entendam de lesão medular, a maioria dos lugares não tem acesso, blá, blá, blá. Resultado disso é que vivo cheia de dores musculares principalmente na área dos ombros e pescoço e nem vou entrar no quesito “como minha barriga aumentou”. Sempre atribuo a “barriguitxa” a lesão e falta de movimento. Simples assim, rs. Mas nada eficaz.
Pois então, depois de anos me enganando com desculpas, a dor apertou e tive que fazer alguma coisa. Por coincidência me perguntaram no trabalho se eu gostaria de fazer fisioterapia, existe a possibilidade de fazê-lo lá mesmo. Topei na hora. Marquei tudo direitinho, e lá fui eu. Além do alongamento básico das pernas, também fiz um pouco de shiatsu, drenagem linfática (pra diminuir o inchaço dos pés) e acupuntura.
Bom, a acupuntura não combinou comigo. Sentia-me como um porco espinho, ficava imóvel, toda dura, tensa com medo de querer me coçar e acabar me espetando. Eu sei, eu sei, muita gente faz e adora e diz que faz milagres. Acredito. Mas pra mim não funcionou, ainda tenho que evoluir nesse sentido. Por outro lado o alongamento e a massagem tem me ajudado muito. Não só com as dores musculares, mas como uma forma de entrar em contato com meu corpo, que precisa de atenção e fica esquecido na correria do dia-a-dia. Não só a fisioterapia é importante, mas é bom estar sempre se movimentando de alguma forma, principalmente os membros inferiores. Por estarmos a maior parte do tempo sentados a circulação fica prejudicada, causando entre outras coisas inchaço nos pés. Também é bom ficar de olho nos dedos dos pés, principalmente agora no inverno quando usamos sapatos fechados e meias com mais frequência. Deixar o pé bem seco após o banho e usar algum talco antisséptico ajuda a evitar frieiras. Enfim, temos que estar constantemente de olho nas áreas que temos menos sensibilidade, pois acaba sendo a parte que damos menos atenção, mas é a que mais precisa de cuidados.
Aliás, acho que esses cuidados qualquer pessoa deveria ter, né não?

Comentários

Comentários

15 comentários em “Cuidados com o corpo

  • segunda-feira, 20 de julho de 2009 em 23:20
    Permalink

    também passei anos sem fazer nenhum tipo de fisioterapia… 10 anos mais ou menos, mas de uns tempo pra cá tenho feito em casa a fisio vem aqui, e também faço mais exercícios nas pernas, e messagem pois sofro com dores nos ombros e nuca devido ao tempo que fico em frente ao micro. ah achar fisio com boa experiência em LM tb nao é tarefa fácil, ou cobram muito caro, ou nunca tem boa disponibilidade de horários… (ps: fisioterapeuta tem que ser no mínimo LINDA, fica mais agradável… rsrsr brincadeirinha!)

    Resposta
    • segunda-feira, 20 de julho de 2009 em 23:20
      Permalink

      Bom, pra mim não teria o mesmo efeito, rsrsrs. Mas é verdade, achar um bom (ou boa, rs) fisio, com horário, que entenda de LM e não cobre um preço exorbitante é quase impossível. Bjs, Cris.

  • segunda-feira, 20 de julho de 2009 em 15:59
    Permalink

    Poxa, lógico! Todo mundo tem que se cuidar. Vc está fazendo a fisio aqui no trabalho, é? Que bacana! Eu aproveito a massagem, mas tb ando esquecida de mim um pouco, tenho me cuidar mais! Beijão Cris!

    Resposta
    • segunda-feira, 20 de julho de 2009 em 15:59
      Permalink

      Faço sim, lá no espaço Zen. Se der, vai lá, é muito legal. Bjs, Cris.

  • terça-feira, 21 de julho de 2009 em 11:55
    Permalink

    Aprendi a fazer sozinho os alongamentos e mobilizações das pernas quando fiquei no Sarah. Faço todo santo dia, antes de sair da cama, mesmo pq se não fizer as contrações me derrubam da cadeira. Só que eu sentia falta de algo além do que a fisioterapia fazia. Opção: malhar 2 ou 3 vezes por semana. Musculação, nada de halterofilismo, mas sim de fazer exercícios com os membros superiores usando cargas comparáveis ao peso do meu corpo. Encontrei uma academia com uma professorA (concordo com o Christian) que foi aperfeiçoando a série de acordo com minha mobilidade. Hoje tenho muito mais facilidade nas transferências, resistência para tocar a cadeira e as dores lombares e nos ombros sumiram. Quanto à pança… bem… Cris, isso não é exclusividade sua… ehehe… mas vai a dica: a minha não sumiu, mas diminuiu. Abraço, Nickolas.

    Resposta
    • terça-feira, 21 de julho de 2009 em 11:55
      Permalink

      Acho que uma atividade física pode ajudar tanto quanto uma fisio mesmo. O fortalecimento de braços e ombros é muito importante. Agora tenho que achar uma academia que tenha um bom acesso. Conhece alguma? Bjs, Cris.

  • domingo, 26 de julho de 2009 em 22:03
    Permalink

    Sem querer julgar ninguém, mas eu acho que fisioterapia vem em 1º lugar. Desde que fui operada é uma busca constante pelo "fisioterapeuta perfeito" (menção ao Marcelo D2, rs,rs,rs… que não encontrei até hoje, mesmo porque o mercado está com carência nessa área), tentei de tudo acunputura de todos os tipos até na cabeça (porque um louco de um amigo meu me falou que era para que eu andasse com maior rapidez!), quanto aos alongamentos aprendidos no Sarah também aprendí mas no meu caso é difícil, então apelei para uma fisioterapeuta (excelente por sinal!), que vem na minha casa e musculação estava fazendo (com outro profissional da área de Educação Física) duas vezes por semana numa academia de ginástica na esquina aqui de casa. O problema era, e é descer a rampa… Julho, me dei férias merecidas! Todos sendo muito "gente boa" a gente enjoa da cara deles… Acaba saindo caro demais também. A minha última tentativa foi o famoso "João de Deus", conhecem??? Agora, a minha preocupação são as minhas mãos… rs, rs

    Resposta
  • domingo, 26 de julho de 2009 em 22:06
    Permalink

    Ah, e as dores na nuca e costas resolvo com remédios… Dorflex, Diazepam, e companhia ltda. A minha manhã inteira é dedicada (todos os dias) à fisioterapia… 🙁 Acho que é bom, pois tem muita gente que queria estar no meu lugar… rs, rs, rs…

    Resposta
    • domingo, 26 de julho de 2009 em 22:06
      Permalink

      Fisioterapia é bom mesmo, mas nem sempre é possível fazer. Que bom que consegue conciliar as duas atividades (fisio e musculação). Bjs, Cris.

  • terça-feira, 28 de julho de 2009 em 13:03
    Permalink

    Cris, não quis te julgar "cada um sabe onde o calo aperta". Só contei do meu caso porque acho que é de extrema importância comentar, principalmente em se tratando de um "blog". Citei o meu caso porque é o único que eu posso citar sem ser processada por "direitos autorais" (rs, rs, rs…). Eu como já disse aqui antes não dei sorte com acunputura, muito menos com auto-hemoterapia (funcionaram pra mim como se estivesse tomando água) e vou contar uma coisa "bem pessoal" aqui entre nós, todas as vezes que conseguí massagista das duas uma ou me tratava com grosseria ou achava que eu queria alguma coisa na área sexual. Aí é duro, né?! Você estar sentindo dor e o outro achar que você quer sexo… 🙁 Não dou conta prefiro me entupir de remédios a servir de palhaça para os comentários alheios. E tem mais que eu esqueci de falar quando a dor é na coluna tomo "voltaren" e se for muito forte: tilex. Desculpe, não quis passar por esnobe… mas acho que foi assim que você me viu, né??? Beijos, Mônica de BH. :-S

    Resposta
    • terça-feira, 28 de julho de 2009 em 13:03
      Permalink

      Imagina, não interpretei dessa forma não. Fica tranquila! Bjs, Cris.

  • terça-feira, 28 de julho de 2009 em 13:12
    Permalink

    Ah, descobrí um creme ótimo para as minhas mãos (agora não é brincadeira, não…) farmaron, um creme para passar nas tetas das vacas na hora da ordenha. Vem com uréia e ainda é barato… Porque as minhas mãos (de tanto "tocar" a cadeira de rodas) foram ficando uma lixa… É um verdadeiro achado!!!! Eu pesquiso os preços sempre porque como falei TUDO é mais caro para nós e infelizmente moro com a minha mãe e como a minha mãe já teve câncer de mama tenho que arrumar alternativas mais baratas SEMPRE. Beijos, Mônica. 🙂

    Resposta
  • segunda-feira, 19 de novembro de 2012 em 15:49
    Permalink

    Olá!
    Gostei do post!
    Quero aproveitar para dizer que foi lançado um creme para ajudar na redução da celulite com infravermelho ativo de photon platina. É um tipo de mouse japonês que seca rápido.
    É bem legal, pode ser usado com qualquer bermuda anticelulite para acelerar os resultados, e o próprio fabricante do creme também lançou uma bermuda anticelulite 04 vezes mais potente do que as de biocerâmica. Esse fabricante já está há 30 anos no mercado.
    O creme também diminui dores nas pernas e pés, inchaços e inflamações. E tira o cansaço do corpo.
    Há duas versões do creme, o Photon Body para o corpo todo e o Photo Legs só para as pernas.
    Site do distribuidor nacional Conforsoft http://conforsoft.com.br/creme-photon-body-kenko-patto.htm o fabricante é a Kenko Patto e o valor no site é R$77,00.

    Resposta
  • sábado, 29 de dezembro de 2012 em 17:02
    Permalink

    Adorei as dicas pessoal,ando bem acomodada,engordei nos ultimos 02 anos,não faço nenhuma atividade fisica,trabalho na area de educação e sinto muita dor nos ombros e coluna,mas acho que no meu caso o problema é a cadeira pesada,grande.Alguem poderia me ajudar a encontrar um fabricante que faça cadeira sob medida a preço mais acessivel?
    Moro em Petrolina PE.

    Resposta
  • quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014 em 17:03
    Permalink

    Legal o blog parabéns, gostei bastante, fica a dica de mais informações sobre os produtos e tecnologias em tecidos e colchões da Kenko Patto http://kenko-patto.net

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest