Munique – Transporte público

Em Munique – assim como em diversas cidades do mundo – você tem a opção de comprar bilhetes para cada viagem de metrô/ônibus, comprar passes diários ou ainda passes para vários dias. Se você viajar em grupo, há também uma opção de comprar um passe que vale para até 5 pessoas (crianças contam como "meia pessoa"). Bem vantajoso financeiramente.

À esquerda, detalhe do pequeno elevador de acesso ao bonde. À direita, o espaço para cadeirantes e minha cara, um misto de incredulidade com felicidade por encontrar transporte tão acessível!Para quem chega na cidade de avião, basta pegar um elevador no saguão principal para sair direto na plataforma do trem (S-Bahn) que leva ao centro da cidade (estação Hauptbahnof) em menos de 40 minutos. Melhor impossível!

Nas ruas, quase todas as calçadas são lisinhas, sem obstáculos, e as esquinas tem rampas suaves. E já que Munique é uma cidade plana e as distâncias na sua região central são pequenas, aproveitamos para conhecê-la à pé durante a maior parte do tempo.

Também basta andar um pouco pelas ruas da cidade para perceber o quanto os motoristas e ciclistas são educados ( É muito raro ouvir buzinas pela rua) e como o transporte público funciona bem. Mesmo quando fomos para lugares fora do centrão, como o castelo Nymphemburg, pudemos contar com transporte público, bastante acessível.

À esquerda, um dos vagões do metrô, onde o desnível entre o trem e a plataforma é pequeno. À direita, novas obras de adaptação nas estações.E por falar em acessibilidade, atualmente quase todas as estações do U-Bahn (metrô)  são acessíveis, assim como os bondes e ônibus que circulam pelas ruas da cidade. O transporte menos acessível de Munique é o S-Bahn, o trem que vai para lugares mais distantes: esse tem apenas 73% das estações adaptadas. Nada mal, né?

Um resumo sobre os transportes que usamos:

U-Bahn: é o metrô. São trens que circulam pela área mais central da cidade. Praticamente todas as estações tem elevador. Para se ter uma idéia, o mapa do metrô indica as estações que NÃO SÃO ACESSÍVEIS, pois são exceções. Um porém: alguns dos trens que circulam são antigos, e há uma alavanca para abrir as portas, além de um degrau que pode ser bem alto (20cm) para entrar e sair do vagão. Foi o transporte que mais usamos!

S-Bahn: são os trens que vão para áreas periféricas da cidade. O único que pegamos foi para ir do aeroporto ao centro da cidade. Trem novinho em folha, totalmente acessível! Não sei se todos são assim.

Bondes (Tram): são pequenos bondes de superfície que passam pelas ruas, junto com os carros. Quase 90% deles é acessível através de uma plataforma móvel super rápida. No começo é estranho ver os bondes circulando pela cidade, mas depois dá para perceber como é uma boa opção de transporte.

Um dos ônibus acessíveis de Munique. A acessibilidade não favorece apenas cadeirantes, mas também idosos e pessoas com carrinho de bebê, como o da foto.Ônibus: a maioria deles também é acessível, mas tendo metrô e bonde servindo a cidade toda, quem vai pegar ônibus? 🙂

Uma curiosidade: em Munique, assim como em toda Alemanha, não há roletas/catracas nos meios de transporte. O passageiro deve simplesmente validar seu tíquete em uma máquina quando entra na estação de metrô ou no bonde/ônibus. E não tem calote? Sim, tem! Só que, se os caloteiros forem pegos pela fiscalização, terão de pagar uma multa de 40 euros. Durante nossa viagem, vimos os fiscais – à paisana – entrarem em ação duas vezes.

Link útil:

MVV – Transportes públicos de Munique: contém informações sobre todos os serviços de transporte (mapas, tarifas etc) em alemão, inglês, espanhol, italiano e francês.

 

 

Facebook Comments

Eduardo Camara

Se não está viajando, está pedalando. Muitas vezes, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

3 comentários em “Munique – Transporte público

  • quinta-feira, 15 de outubro de 2009 em 19:35
    Permalink

    Muito legal! E como sempre bate aquela tristeza do Rio não chegar nem perto disso em acessibilidade. Não tem fotenha?
    Bjs, Cris.

    outubro 15th, 2009 - 19:35
    Mão na Roda respondeu:

    Cris, fotos providenciadas!

    Resposta
  • sábado, 3 de novembro de 2012 em 17:19
    Permalink

    nossa, eu estava procurando uma coisa e acabei achando esse site (que nao tem nada a ver com a minha busca, obrigada google rs). adoro ler as historias de viajantes, suas percepcoes e ponto de vista… e acho mto engracado o choque que as pessoas tem qdo chegam aqui rs logo que cheguei tb tive esse choque, mas hj ja eh tao normal que a gente só se dá conta que isso existe qdo vai a algum lugar que nao tem nada disso rs só uma correcao, s-bahn eh o bondinho de rua e o trem que vai pra mais longe, é trem msm rs algumas s-bahn, entretanto, vao pra mais longe, qdo eh o caso de ligar aeroporto ou estacao principal de trem (as hauptbahnhof) à cidade.

    to viciada nas historias 😀 continue postando sempre
    e diga pro Dado que flughafen münchen é pronunciável sim :-p tem palavras bem piores de se falar 😀

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

X

Pin It on Pinterest

X