Munique – Quinto dia

Evento no bairro de Schwabing - Munique

Nosso último dia em Munique foi um domingo, pegaríamos o trem para Viena no início da noite, portanto teríamos o dia livre para algum passeio. Escolhemos conhecer o bairro de Schwabing. Pegamos o metrô e saltamos na estação Münchner Freiheit. Saindo da estação, demos de cara com uma das principais ruas do bairro, a Leopoldstrasse. Tivemos a sorte de estar em Munique nos dias em que acontecia o Streetlife Festival, festival organizado duas vezes por ano em Munique, que tem como temas principais a qualidade de vida, a ecologia e os direitos humanos. A rua teve um de seus trechos fechado para os carros e nele os pedestres podiam circular tranquilamente em meio a barraquinhas de ONGs e empresas relacionadas ao tema da festa, muitas delas oferecendo brincadeiras e jogos para adultos e crianças.

cadeirantes jogando hockey no bairro de Schwabing - Munique

Uma das coisas interessantes que vimos foi um hockey adaptado (também conhecido como Wheelchair Hockey ou Power Hockey), onde participavam pessoas com cadeira de rodas motorizada. Já tinha visto esse tipo de jogo pela Internet, mas nunca ao vivo, e achei um jogo bem divertido. E o mais legal é que permite a participação de quem tem maiores limitações de movimento e não pode “tocar” a cadeira sozinho.

Praia no meio da rua no bairro de Schwabing - Munique

E como alemão “se amarra” em praia, eles até improvisaram uma por lá. Se é que um pouco de areia em cima do asfalto e algumas espreguiçadeiras podem ser chamadas de praia, né? Mas que tinha gente curtindo, isso tinha 🙂 Talvez até porque, logicamente não faltaram também diversos stands vendendo cerveja e Bratwurst , nosso almoço do dia!

Dado tomando cerveja e comendo Bratwurst - Munique

Independente de pegar uma dessas festas que acontecem quase todo final de semana no curto verão das cidades européias, o bairro de Schwabing vale uma visita e é um bom lugar para se hospedar. Não apenas para bater perna nas suas ruas charmosas com prédios e prédios no estilo Jugenstil (o Art Noveau da Alemanha), mas também para se sentar em um dos bares, cafés ou restaurantes da Leopoldstrasse e curtir uma tarde agradável.

E assim nos despedimos de Munique, partindo num trem lotado para Viena (se puder evitar os trens aos domingos à noite, faça isso!). Mas isso já é assunto para um próximo post.

Facebook Comments

2 comentários em “Munique – Quinto dia

  • terça-feira, 10 de novembro de 2009 em 19:21
    Permalink

    Rapaz, as salsichas eram muito boas! Comi sem culpa alguma 🙂 Abração!

    Resposta
  • terça-feira, 10 de novembro de 2009 em 19:20
    Permalink

    eu teria sérios problemas com alimentação em uma viagem dessas… bom garfo que sou, eu iria querer experimentar de tudo, essa salsicharia alemã eu curto muito… seria complicada a luta contra a balança!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest