Handcycle de graça!

Triciclo do World Bike Tour

Quer ganhar um handcycle de graça? Então corre que é só até a meia noite de hoje!

O passeio ciclístico World Bike Tour, que rola dia 25/01 em São Paulo, está sorteando dez triciclos (handcycles) para pessoas com deficiência que não podem pedalar uma bicicleta convencional. Para concorrer ao sorteio, basta preencher o formulário no endereço https://inscriptions.worldbiketour.net, lembrando que é necessário PARTICIPAR do passeio para poder levar o triciclo para casa.

Se inscreve lá, galera!!!

Comentários

Comentários

Eduardo Camara

Se não está viajando, está pedalando. Muitas vezes, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

14 comentários em “Handcycle de graça!

  • terça-feira, 19 de janeiro de 2010 em 14:02
    Permalink

    Putz! Pena que acabou!!!! Hoje é dia 19 e eu divulguei no mailing crente que era dia 18…

    Resposta
    • terça-feira, 19 de janeiro de 2010 em 15:20
      Permalink

      Eu vi, Tabs! hehehe… A divulgação/organização do evento foi meio tosquinha, e não consegui divulgar antes. Mas pelo menos sei que algumas pessoas que leram no blog ontem conseguiram se inscrever. Vamos ver no que vai dar! Beijos!

  • quarta-feira, 20 de janeiro de 2010 em 20:37
    Permalink

    pow que pena q só vi isso agora,mas tudo bem!
    mesmo q eu fosse sorteado nao teria como ir participar do passeio…
    meio injusto isso nao??
    pq so pra sao paulo?
    mas tudo bem!!
    parabéns dado por ter sido sorteado!
    abraços

    Resposta
    • quinta-feira, 21 de janeiro de 2010 em 23:23
      Permalink

      Obrigado, Felipe! O lance é que é um passeio que vai acontecer em SP, mas claro poderia ser realizado no Rio também! Acho que seria um sucesso e, se tiver oportunidade, vou sugerir isso aos organizadores. Abraços!

  • terça-feira, 26 de janeiro de 2010 em 00:02
    Permalink

    pow dado nem do rio eu sou mano…
    sou de Belém cara, e aqui acho que poderia rolar esses eventos tambem!!!
    como isso poderia acontecer nao só em SP,Rio ou aqui em belém e sim em todo o país,pois sabemos que em todos os estados tem gente com os mesmos problemas,eu sou cadeirante a pouco tempo,mais acho que nunca vi algo do tipo aqui na minha cidade,quase nao vejo cadeirantes aqui em belém,se eu vejo tres cadeirantes na rua quando saio é muito!
    não sei se é pela cidade não oferecer muitas condições pois as calçadas aqui parecem muros rrsrsrs sei lá.
    mais é isso,não vim aqui pra reclamar pra ti dos problemas da cidade onde moro e sim pra dizer que eventos como esse seria uma ” Mão na roda ” para muitos como nós!
    cara e botei na cabeça que eu qro e vou ter uma hand bike huauahua… que só penso nisso agora! rsrsrs
    abraço dado.

    Resposta
    • terça-feira, 26 de janeiro de 2010 em 18:04
      Permalink

      Felipe, não desanima não! Organizar um evento desses é difícil e requer a participação de empresas, poder público e associações. Você pode até dar o passo inicial numa empreitada dessas por aí. Que tal? Ah, pela minha experiência, eu acho que vc está certo: quanto mais inacessível a cidade, menos cadeirantes você vai ver na rua. Por isso nossa idéia aqui no Mão na Roda é divulgar os lugares com bom acesso, para que as pessoas SAIAM DE CASA! Outra coisa: passarinho me contou que existe uma possibilidade de ter um bike tour em Manaus no ano que vem. Tá chegando mais perto de Belém… 🙂 Abração!

  • terça-feira, 26 de janeiro de 2010 em 18:35
    Permalink

    e como eu faria para dar esse passo inicial,qm eu teria que procurar?
    eu gostei da iniciativa de vcs em divulgar lugares acessiveis
    aqui no Brasil e em outros países!
    pena que nem todos ( e eu me incluo rsrsrs ) tem condições de viajar por ai. =D

    mas conto com a tua ajuda para me instruir a trazer projetos como esse pra cá!

    abraços Dado!

    Resposta
    • quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 em 16:44
      Permalink

      Opa Felipe! O ideal seria pensar um pouco na idéia, escrever um mini-projeto e tentar algum contato com a secretaria de esportes e lazer de Belém e também com empresários locais. Acho que é um evento que traz benefício para governo, empresários e cidadãos. Qualquer coisa, manda um e-mail pra mim: eduardocamara@gmail.com

      Abração!

  • terça-feira, 22 de junho de 2010 em 19:37
    Permalink

    Eduardo, me Chamo Mônica,e só agora fiquei sabendo dessa bike, e vi atravez dela uma forma de me sentir mais livre e independente por isso me interessei muito e tbm porque e eu nunca pude pedalar numa bike comum e gostaria de ter uma,e si fosse possivel gostaria que vc me desse o endereço de como consigo encomendar uma bike dessa, embora não tenha muitas condiçoes de comprar ,mais vou me esforça para conseguir pois estou me sentindo muito presa e dependente dos outros para sair de casa é muito ruím,e depois de ter conhecido essa bike me deu uma nova esperãnça de uma vida mais livre.
    por favor me adiciona no seu MSN e vamos conversar um pouco mais desses projetos muito me interessa pois sempre tivi a vida muito limitada por super proteção da parte de meus pais, e so de uns anos pra cá que vim conhecer novas possibilidade de viver com mais liberdade, mesmo sendo (PNE)
    fiquei super feliz em saber que estão si mobilizando para tornar nossa vida melhor, porque o descaso dos ônibus, das empresas de carro mesmo com o nosso direito de insenção o valor com parcelamentos é abusivos e acaba por não adiantar ter insenção ou não. Concorda? Eu por ex: tii carteira de motorista e ja venceu, e não consegui comprar o carro ate hj,pois para mim é com câmbio automático. e todo dirigido pela mão. com isso si torna bem mais caro.

    bom meu amigo obrigada por este espaço , e deixo aqui meus parabens pela iniciativa tbm…..

    um grande abraç….. Mônica Ramires Mangerot

    Resposta
    • quarta-feira, 23 de junho de 2010 em 18:55
      Permalink

      Oi Mônica!

      A bike realmente proporciona uma tremenda sensação de liberdade. O maior problema hoje em dia é conseguir comprar uma, pois são pouquíssimos fabricantes no Brasil e elas são caras. Dá uma olhada no blog da handbike (http://maonarodablog.com.br/handbike) que por lá, do lado direito, tem alguns links com dicas de onde comprar.

      Eu também concordo que isenção de impostos para carros não é solução. Solução é transporte público 100% adaptado!

      Abração para você e obrigado pela visita. Apareça mais vezes!

  • sábado, 23 de outubro de 2010 em 11:29
    Permalink

    eu tenho um amigo que precisa de uma hand bike mas a sua renda financeira e pouca gostaria de saber quanto fica uma.pois achei muinto interessante. gostei muito!!!

    Resposta
  • quinta-feira, 27 de janeiro de 2011 em 18:49
    Permalink

    Olá Eduardo, gostaria de saber se você irá postar algo sobre o WBT deste ano 2011. abraço, Fábio B.

    Resposta
    • terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 em 23:33
      Permalink

      Fábio, não creio… A gente tá com um monte de coisa pra postar e eu realmente tô com o tempo curto. Alguma dúvida sobre o evento? Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest