Pousada Ilha Náutica – Florianópolis

Chalé número 9 – adaptado para pessoas com deficiência

Não fosse pelo Hotel in Site não teríamos descoberto esse recanto escondido no bairro do Rio Vermelho em Floripa. Cheguei a ver algumas fotos da pousada e trocar emails com a Iracema, uma das donas da pousada antes de decidirmos nos hospedar nela. Mas confesso que chegamos lá um pouco no escuro, pois sabíamos da existência de um chalé adaptado, mas como essa seria adaptação só descobrimos na hora. Pra variar.

Mas a surpresa foi muito agradável. A preocupação do seu Ari, outro sócio do hotel, foi bastante surpreendente para uma pessoa que nem sequer é arquiteto e não possui parentes com deficiência. Nos contou que simplesmente achou que seria mais fácil pra todo mundo se os acessos na pousada fossem feitos através de rampas e que oferecer um chalé adaptado não custaria nada a mais. Mais surpreendente ainda foi a forma como o tempo todo ele se preocupou em saber se os acessos estavam a contento, se a cadeira de banho (sim, eles possuem uma cadeira de banho para os hóspedes) era boa e se as rampas estavam dentro das normas.

Esta ponte deu uma certa dor de cabeça, o Dado não conseguia passar por ela sem um empurrão.

Uma ou outra coisa poderia ser melhorada, algumas rampas são íngremes demais, e isso nós explicamos sempre que nos era perguntado. Mas o fato de o cadeirante conseguir chegar a todas as áreas comuns da pousada nos alegrou bastante.

O chalé de número 09, que é adaptado para pessoas com deficiência, possui uma sala com sofá cama e cozinha americana, uma área de serviço, um quarto com uma cama de casal e uma de solteiro e um banheiro. As portas são todas mais largas e os espaços de circulação bons o suficiente. A sala é separada da cozinha por um balcão, do qual os donos da pousada se desculparam por terem feito alto demais. Em seguida trouxeram uma mesa com cadeira para o nosso chalé o que já resolveu o problema. O banheiro possui barras de apoio e Box com cortinas. Ah, sim! O quarto possui ar condicionado, providencial no verão!

A única coisa que nos deixou um pouco tristes, foi descobrir que o Dado foi o segundo hóspede cadeirante, desde toda a existência da pousada, a se hospedar por lá. Esperamos que nossa divulgação no blog leve  mais pessoas com deficiência para a Pousada Náutica, que fica numa cidade belíssima e que vale muito à pena ser visitada!

Pousada Ilha Náutica
www.pousadailhanautica.com.br
Florianópolis – SC
Tel: (48) 3269 – 7060
E-mail: pousadailhanautica@hotmail.com

Abaixo algumas fotos que ilustram bem o espaço e as adaptações feitas na pousada:

Cama de casal e de solteiro presente no quarto do chalé número 9

Estacionamento da pousada

Caminho pavimentado nas dependências da pousada

Box com cortina no banheiro do chale número 9. A cadeira de plástico o Dado que pediu, pois acha mais prática do que a de banho.

Vaso sanitário elevado e barras de apoio no banheiro do chalé nº 9

Caminho pavimentado e com rampas que levam à piscina e ao refeitório

A rampa que leva à piscina tem um pequeno desnível no final. Mas ao menos ela existe!

Facebook Comments

23 comentários em “Pousada Ilha Náutica – Florianópolis

  • terça-feira, 2 de março de 2010 em 17:49
    Permalink

    Nossa que bacana,no tempo que morava lá acho q não tinha essa pousada,mas achei bárbara!!Adorei a dica!bjs

    março 2nd, 2010 - 18:09
    Bianca Marotta respondeu:

    Legal, né? Também gostamos do lugar. Muito gostosinho. E Floripa é linda! beijos

    Resposta
  • terça-feira, 2 de março de 2010 em 19:00
    Permalink

    Gostei muito desta pousada, acho muuuuuuuuiiiiiiiiiiito interessante os empresários, ( ou seja, neste caso os donos da pousada) investir mesmo em acessibilidade! bjs…..quem sabe eu e minha filha iremos para lá algum dia! Até mais!

    março 5th, 2010 - 13:57
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Cristiane,
    Não deixe de visitar Florianópolis e prestigiar a Pousada. A cidade é muito linda! Só um pequeno aviso: é bom ir de carro, o pessoal por lá não faz quase nada a pé.
    beijos!

    Resposta
  • terça-feira, 2 de março de 2010 em 19:45
    Permalink

    Bianca já está na minha listinha de pousadas e hoteis acessiveis.
    Indo para Floripa vou conhecer essa Pousada.
    bjs

    março 5th, 2010 - 13:58
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Maria Paula,
    Não deixe de ir, não. Floripa é linda e a Pousada tb é super fofa!
    Boa viagem! beijos

    março 5th, 2010 - 13:58
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Maria Paula,
    Não deixe de ir, não. Floripa é linda e a Pousada tb é super fofa!
    beijos

    Resposta
  • terça-feira, 2 de março de 2010 em 22:36
    Permalink

    gostei tbm!!!
    muito bonita a pousada!
    parabéns aos donos pela consciência!
    minha namorada tem parentes em floripa qm sabe um dia possamos conhecer a pousada. =D
    abraço bianca pra vc e pro dado.
    parabéns pelo blog.
    todo dia to por aqui dando uma olhada,tirando duvidas e me divertindo tbm! =D
    vcs estão todos de parabéns!

    março 5th, 2010 - 14:00
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Felipe,
    Não deixe de visitar Floripa, é uma cidade muito bonita. Em breve vamos escrever sobre a acessibilidade local.
    E muito obrigada pelos elogios ao blog. Só nos incentivam a escrever mais. Dá trabalho, mas o resultado é gostoso!
    beijos!

    Resposta
  • quarta-feira, 3 de março de 2010 em 17:22
    Permalink

    Nossa! Eu fiquei muito feliz em saber que em Florianópolis, aquela cidade maravilhosa, tem uma pousada com essa preocupação. Gostaria de felicitar os donos pelo exemplo de cidadania. Tenho uma sobrinha que ficou tetraplégica e sei bem o que é um lugar que não tem acessibilidade…Parabéns pela divulgação…

    março 5th, 2010 - 14:01
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Maura,
    Tb fiquei surpresa com a preocupação dos donos da Pousada. Surpresa e feliz. Quem sabe um dia vc não vai até lá com sua sobrinha? A cidade é mesmo linda.
    beijos

    abril 5th, 2010 - 01:44
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Maura,
    Tb ficamos felizes quando encontramos essa pousada! Realmente um exemplo de cidadania. beijos

    Resposta
  • quinta-feira, 4 de março de 2010 em 18:11
    Permalink

    Muito bacana essa divulgação, apesar de que isso deveria ser normal em todos os lugares, pousadas, hotéis, ruas, bares enfim, mas o importante que as coisas estão começando a mudar. Gostaria de parebenizar esse exemplo de cidadania.

    março 5th, 2010 - 13:52
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Danielle,
    Tb ficamos bastante contentes em saber que cada vez mais os lugares vão se tornando acessíveis a todos. Quem sabe um dia isso nem mais será assunto de debate e sim regra?
    beijos

    abril 5th, 2010 - 01:43
    Bianca Marotta respondeu:

    Concordo com vc, Danielle. Isso deveria ser normal em todos os locais, até porque é obrigatório por lei. Mas como ainda não acontece com tanta frequência, a gente divulga o que encontra por aí. beijos!

    Resposta
  • sábado, 6 de março de 2010 em 18:52
    Permalink

    Oi Bianca!!!

    Que felicidade saber dessa pousada aqui em Floripa! Sabe, tem tanta pousada aqui que a gente acaba não tomando conhecimento da metade!

    Fiquei super contente e lisonjeada (bairrista eu, quase nada! rs) de saber que vcs gostaram da minha terra! Pena que só conheci o blog há poucos dias, senão a gente tinha ido tomar um chopinho!

    Quanto ao uso do carro… Bem, é que aqui é meio complicado mesmo. Diferentemente aí do Rio (que eu amo de paixão) aqui tudo é meio longe… Vcs ficaram numa região linda, perto da Praia dos Ingleses (onde meu noivo já teve casa de praia), do Santinho, da Praia Brava… Enfim, um lugar top em praias, mas infelizmente deixa a desejar em infraestrutura. Floripa tem esse problema, só o Centro e região é bem estruturado, nos demais bairros não tem hospital, boas escolas e só alguns têm Supermercado (a grande maioria tem minimercados). Além disso o processo de urbanização aqui é complicado. O que acontece (e vcs devem ter notado no caminho) é que temos o centro (onde estão as pontes de acesso à Ilha e a Beira Mar) e depois que passa o viaduto que dá acesso às praias do Norte (onde vcs ficaram), mais especificamente após o Floripa Shopping, não há nenhum centro urbano, diferente aí do Leblon que já emenda com Ipanema que emenda no Arpoador que tá juntinho a Copa… Aqui, com excessãao do Centro e os bairros em volta, os outros bairros ficam muito distantes uns dos outros…

    Eu sempre morei no centro (na verdade desde que nasci moro no mesmo apartamento) então faço tudo a pé (shopping, colégio e a faculdade – qdo era estudante, até baladinhas rs). Tanto é que nunca tirei carteira de motorista (isso que eu já tô com 28 anos), pra mim é tudo pertinho e qdo é mais longe ou o meu noivo me leva ou pego ônibus ou táxi…

    Mas vou te dizer que outro dia estava andando na Av. Rio Branco (uma das principais) com a minha mãe e observei como as calçadas aqui de Floripa são tortas! Sério Bianca, utilizando o carro vcs acabaram evitando transtornos! Eu estava de sandália anabela e quase virei o pé trocentas vezes por causa dos desníveis na calçada! Na 3ª vez virei pra minha mãe e disse: Se eu tô quase me esborrachando usando uma sandália anabela que nem é tão alta, imagina os idosos, as gestantes e os cadeirantes!

    Floripa é minha terra e eu amo! Acho linda, mas tem muito o que melhorar… Ô se tem!

    Beijão e voltem sempre! E qdo voltarem me avisem tá!

    Resposta
  • sábado, 6 de março de 2010 em 19:53
    Permalink

    OLÁ
    SOMOS IRACEMA E ARI, PROPRIETÁRIOS DA POUSADA ILHA NÁUTICA E FICAMOS MUITO CONTENTES COM O DEPOIMENTO DA BIANCA E DO EDUARDO.REALMENTE POUQUÍSSIMOS CADEIRANTES USARAM ESTE CHALÉ, MAS AQUELES QUE USARAM FORAM ATENDIDOS EM SUAS NECESSIDADES E SAÍRAM SATISFEITOS, O QUE NOS CAUSA COMO RETORNO UM SENTIMENTO MUITO PRAZEROSO.
    A TODOS QUE PRETENDEM VISITAR FLORIANÓPOLIS, CADEIRANTES OU NÃO, FICA AÍ O NOSSO CONVITE.
    UM BEIJÃO AO EDUARDO E A BIANCA E AGRADECEMOS PELA FORÇA,FLORIPA LHES ESPERA

    Resposta
  • sábado, 6 de março de 2010 em 23:26
    Permalink

    Adorei este blog! Como estou ficando informada a respeito de acessibilidade para cadeirantes!
    Parabéns, isso é muito importante para os cadeirantes, principalmente os do interior desse nosso Brasil

    Resposta
  • sábado, 6 de março de 2010 em 23:29
    Permalink

    Adorei este blog! Como estou ficando informada a respeito de acessibilidade para cadeirantes!
    Parabéns, isso é muito importante para os cadeirantes, principalmente os do interior desse nosso Brasil.
    Outra coisa, sobre as cadeiras de rodas q são muito caras aqui no Brasil e nem tão confortaveis….concordo, além de pesadas.

    Resposta
  • domingo, 7 de março de 2010 em 10:01
    Permalink

    Muito legal esta pousada em Floripa. Mas por favor quando que pousadas, resorts e hotéis vão investir (ao redor de R$ 200,00) numa cadeira de banho de verdade .
    Como faço numa simples cadeira de praia para transferir minha esposa da cadeira de rodas e para leva-la ao banheiro para extrair as fezes ….

    Resposta
  • terça-feira, 9 de março de 2010 em 15:18
    Permalink

    Ainda bem o Dado preferir a cadeira de plástico, pois a apropriada é uma “droga”, pelo menos para mim.

    Beijinhos…

    Resposta
  • quarta-feira, 7 de abril de 2010 em 09:57
    Permalink

    Estuve con mi familia en Pascua en esta posada, lo pasamos muy bien ya que se encuentra en un entorno natural que aun no ha sido alcanzado por el desarrollo urbanistico que hay en las playas mas populares, pero a la vez esta frente a una buena carretera por la que se llega rapidamente a ellas. Cuenta con instalaciones de primer nivel para realizar varias actividades en familia, en especial disfrutamos los kayaks y la sala de juegos, importante para los dias lluviosos cuando se viaja con ninos! Fue un placer la atencion de sus propios duenos, sin duda volveremos y la recomendaremos a nuestros amigos.
    Un cordial saludo para Ari e Iracema

    Resposta
  • quarta-feira, 7 de abril de 2010 em 17:45
    Permalink

    Eu sou Mariana, já vi em um hotel chamado Bom Tempo raquete e resort, ele tem alguns chalés que são adaptados para cadeirantes. É bom vocês procurarem porque é bem agrádavel, que me lembre não tem escadas e não usam muitos paralelepípedos!
    ADORO ESSE BLOG!
    Sou uma criança, não sou cadeirante e me interessso pelo assunto, gosto muito da Luciana de Viver a Vida e procuro me manter informada. Beijos muito lindos, Mariana

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest