Acessibilidade, Esportes e Lazer, Outros estabelecimentos

Praia Clube de Uberlândia – um bocado acessível!

18

Rampas e trilhas acessíveis do Praia Clube de UberlândiaNossa leitora Brunna Melazzo nos presenteou com uma bela visita e muitas fotos do Praia Clube de Uberlândia, que é bastante acessível, como vocês podem ver nas fotos no final deste post.

Segundo ela o “clube é muuuuuiiiitttoooooo grande” e por isso não conseguiu tirar foto de tudo, mas além do que vocês podem ver abaixo, ela destaca também as trilhas calçadas em toda a área do clube, inclusive na beira do rio, os banheiros que possuem, pelo menos, uma cabine adaptada e o vestiário próximo às quadras de esportes, onde há adaptação para banho.

O clube é cortado por um rio e há duas pontes ligando seus dois lados. Uma delas possui um deck com acesso que pode ser feito tanto por escadas quanto por rampas. Brunna conta também que o parque aquático infantil possui três níveis, mas somente o do meio tem acesso a cadeirantes. Já as quadras de tênis e vestiários são adaptadas.

Segundo Brunna, não se pode dizer que 100% da área do clube é adaptada, mas uns 95% sim. Algumas rampas, como as de acesso às piscinas do Complexo Cidade Jardim, por exemplo, são muito íngremes.

Detalhes de outros ambientes do Praia Clube de Uberlândia, vocês podem ver nas fotos abaixo.

Super obrigada, Brunna! A equipe do Mão na Roda e todos os seus leitores, agradecem!

E fica a pergunta: por que todos os clubes não fazem o mesmo?

Vagas reservadas no estacionamento

Portão de entrada para pessoas com deficiência ao lado da roleta

Rampa de acesso ao restaurante da piscina olímpica

Rampa de acesso ao restaurante da piscina olímpica

Rampa de acesso ao restaurante da piscina olímpica - vista da piscina

Rampa de acesso ao restaurante da piscina olímpica - vista da piscina

Rampas de acesso à piscina olímpica

Rampas de acesso à piscina olímpica

Rampinhas de acesso à lanchonete de sorvetes e picolés

Rampinhas de acesso à lanchonete de sorvetes e picolés

Brinquedos com rampas no parque infantil

Brinquedos com rampas no parque infantil

Vias alfaltadas no parque infantil

Vias alfaltadas no parque infantil

Rampa de acesso ao vestiário

Rampa de acesso ao vestiário

Porta com alavanca para banheiro adaptado e banheiro adaptado

Porta com alavanca para banheiro adaptado e banheiro adaptado

Chuveiro do vestiário com banco de parede

Chuveiro do vestiário com banco de parede

Sobre o autor / 

Bianca Marotta

Artigos relacionados

18 Comentários

  1. MARIA PAULA TEPERINO segunda-feira, 12 de abril de 2010 em 14:40 -  Responder

    Uberlândia e Uberaba são cidades mineiras com uma ótima acessibilidade e muito do que se tem lá é fruto do trabalho de várias pessoas com deficiência, que mobilizados, conseguiram fazer com que seus Prefeitos levassem a sério a questão da acessibilidade. O Ministério Público dessas cidades teve uma participação fundamental para que a conscientização se desse. Depois que a gente planta a semente, a planta sempre cresce. Ésse é um bom exemplo para nós cariocas. A mobilização é fundamental para que a ampla legislação sobre acessibilidade saia do papel e se materailize nas nossas ruas e nas construções de uso coletivo.
    Abraços para Equipe do Mão na Roda que faz a seu papel.

    abril 12th, 2010 - 16:07
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Maria,
    Bom saber que existem cidades que estão preocupadas com acessibilidade e inclusão social, né? Os políticos aqui do Rio poderiam aprender muito com elas, não é não? Se você souber de outros exemplos, mostre pra gente!
    beijos e obrigada!

    abril 13th, 2010 - 16:07
    Eduardo Camara respondeu:

    Oi Paula! E soubemos que vc esteve no lançamento do livro da Ju, mas só conseguimos chegar lá depois das 21h. Uma pena não termos nos encontrado… Vamos tentar agitar um encontro com a galera que lê o blog para nos conhecermos pessoalmente. Beijos!

  2. Evandro segunda-feira, 12 de abril de 2010 em 14:44 -  Responder

    Bianca, tem certeza que essa tal de Uberlândia fica aqui nesse país??
    Não tô acreditando no que vejo!!

    Ah…se todo lugar fosse assim, né?

    Beijão pro ceis!!

    abril 12th, 2010 - 16:08
    Bianca Marotta respondeu:

    Pois é, Evandro, difícil de acreditar, né? Será que algum dia a gente consegue que toda cidade do Brasil fique parecida com esse exemplo…?
    beijos

  3. Gil Porta segunda-feira, 12 de abril de 2010 em 16:35 -  Responder

    Gostei da dica! Assim que voltarmos da Reatech vou incluir esse bom exemplo no nosso guia de locais acessíveis.

    Obrigado, Brunna!
    Obrigado, Bianca!

    abril 13th, 2010 - 01:00
    Bianca Marotta respondeu:

    Legal, Gil! Se tiverem outras dicas, mandem pra gente também! beijos!

  4. Christian Matsuy segunda-feira, 12 de abril de 2010 em 20:47 -  Responder

    sem duvidas um exemplo a ser seguido!
    muito legal o lugar! da até gosto de ver!

    abril 13th, 2010 - 01:01
    Bianca Marotta respondeu:

    Pena que não fica perto da gente, né Christian? beijos

  5. Kenia terça-feira, 13 de abril de 2010 em 10:40 -  Responder

    Muito legal, pena não existir em todas as cidades do Brasil.
    BH mesmo está longe disso.
    Parabéns a vcs do blog pelo post.
    Beijo grande a todos.

  6. Brunna Melazzo terça-feira, 13 de abril de 2010 em 12:22 -  Responder

    \o/

    que bom que o pessoal gostou do post…
    esse clube é um dos pontos turísticos de uberlandia e é exemplo de acessibilidade….

    só lembrando que em uma das várias piscinas do clube tem um elevador manual para facilitar o acesso de cadeirantes à água…

    quem passar pelos lados de lá e quiser conhecer, é só entrar em contato que tiro convite!!

    bjocas, pessoal!!
    =*

  7. Marcelo Oliveira terça-feira, 13 de abril de 2010 em 15:09 -  Responder

    Parabéns!! Parece até que o clube fica em algum país de primeiríssimo mundo!!

  8. Eduardo Camara quarta-feira, 14 de abril de 2010 em 14:15 -  Responder

    Esse clube é muito foda! Mostra como é possível ter um lugar bonito e acessível. Basta querer!

  9. Nancy quarta-feira, 14 de abril de 2010 em 15:06 -  Responder

    Olá!
    Moro em Campinas que é um região metropolitana e não sei de nenhum clube q. tenha acesso p/ cadeirantes.
    Temos apenas calçadas rebaixadas e entrada em alguns bancos.
    Que pena que não temos algo parecido com essa linda Uberlandia !

  10. Larissa Muniz quinta-feira, 15 de abril de 2010 em 10:57 -  Responder

    Ola pessoal!
    Meu nome é larissa,moro em beberibe-CE
    Sou estudante de Turismo,e junto aos meus colegas estou desenvolvendo uma pesquisa e nosso tema é: TURISMO PARA TODOS: Acessibilidade nas atividades turisticas.
    Adorei o blog, pode ter certeza que possuem uma fã agora.
    Fico abismada como as pessoas se esquecem que um dia tbm vao precisar de atendimento especial, de lugares adaptados, todos nos tbm seremos portadores de necessidades especiais um dia,um idoso, uma criança, uma gravida tbm precisara de atendimento especial, de lugares com acessibilidade!
    Quero pedir a colaboração de vcs, pois em breve estaremos divulgando um formulario sobre acessibilidade no turismo,para podermos levantar essa questao no meio turistico, e quem sabe contribuir para uma sociedade mais consciente e menos preconceituosa!
    Meu email é larissa0112@hotmail.com
    quem quiser me add no orkut é cissa_lari_muniz@yahoo.com.br
    Entrem em contato por favor!
    Bjaooo

  11. claudia medeiros sábado, 17 de abril de 2010 em 13:22 -  Responder

    seria muito bom se em todo o Brasil começasse um processo de total acessibilidade aos banheiros publicos…

  12. cesar eduardo dos santos sábado, 24 de abril de 2010 em 14:57 -  Responder

    Sem palavras para clube, mas é um PARAISO, nunca imaginei q tinha um lube assim para os quebradinho.

    Vou conhecer um dia.

    Parabéns!!!!!!! Uberlândia.

    César – Porto Alegre/Rs

  13. aparecida quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 em 17:14 -  Responder

    é pena que morando na cidade de uberlandia, não conheco o praia. faço parte da classe……………………………………………..dos trabalhadores.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Publicidade

Facebook