Passeie de handbike na praia de Copacabana. De graça!

Tá, você já assistiu os vídeos, viu a handbike da Luciana na novela e está doido para pedalar, mas não tem uma handbike. Seus problemas acabaram!!!

Nesse domingo – e talvez nos próximos – o Mão na Roda, em parceria com a ONG Espaço Novo Ser e o Projeto Praia Para Todos, vai liberar uma bike para empréstimo na Praia de Copacabana, em frente ao posto 5.

Talvez algumas pessoas daqui já saibam, mas no começo do ano rolou o Bike Tour em São Paulo e 10 handbikes foram sorteadas. Eu fui um dos felizardos e viajei para SP exclusivamente para pegar a bike e trazer aqui para o Rio, já com a idéia de emprestá-la para quem não tem condições de comprar/manter uma bicicleta. Depois de redescobrir a maravilha que é pedalar, quero dar a mesma oportunidade para todas as pessoas que, como eu, não podem andar em uma bike comum.

Domingo passado testamos a idéia pela primeira vez, e foi um sucesso! Seis pessoas pedalaram a handbike pela orla de Copacabana. Teve criança, homem, mulher, gente que nunca tinha pedalado  uma bike na vida e também quem estava há anos sem pedalar.

Então, se você quiser testar a bicicleta, dê um pulo no projeto Praia Para Todos nesse domingo, das 9 às 14h, em frente ao Posto 5 de Copacabana. Só não se esqueça de levar um documento de identidade ou carteira de motorista, ok?

E para deixar vocês com mais vontade de ir, aqui estão algumas fotos da semana passada!

Nossa leitora Paula Teperino testa a bike

Paula, Breno, Ricardo e eu, no projeto Praia Para Todos

Letícia estava conhecendo o projeto e aproveitou para dar uma pedalada

A bike e o visual da orla ao fundo

Até a Bianca deu suas pedaladas...
Facebook Comments

Eduardo Camara

Se não está viajando, está pedalando. Muitas vezes, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

30 comentários em “Passeie de handbike na praia de Copacabana. De graça!

  • quinta-feira, 22 de abril de 2010 em 15:08
    Permalink

    Muito legal isso, Dado.

    Que generosidade!! Que bom que vc pensa dessa maneira. Dar a oportunidade para quem não pode ter uma, experimentar!!

    Sensacional!! Sucesso pra vcs!!

    Se me permite…. vou divulgar no meu blog.

    abril 22nd, 2010 - 15:26
    Eduardo Camara respondeu:

    Claro que sim, Evandro! Quanto mais divulgação, melhor!

    Abração procê!

    Resposta
  • quinta-feira, 22 de abril de 2010 em 17:51
    Permalink

    Parabéns mais uma vez pela iniciativa Dado. Atitudes como essa são fundamentais para que pessoas que por muito tempo se viam limitadas de tantos prazeres cotidianos, como pedalar do calçadão, possam viver essa sensação e também serem incentivadas a praticar o ciclismo como esporte. Eu poso dizer que sou uma dessas pessoas que já a algum tempo via com bastante curiosidade essa possibilidade de ter um handcycle, e que depois das minhas primeiras pedaladas conclui duas coisas. Uma é que o esporte é apaixonante, o visual é perfeito e a sensação de liberdade e velocidade é indescritível. A segunda é que eu to fora de forma e tenho que ganhar mais força nos braços e agora quero uma bike pra mim também.
    Grande abraço!

    abril 23rd, 2010 - 15:25
    Eduardo Camara respondeu:

    Valeu, Breno! Vc falou tudo, cara… Quem vê de fora não tem muita idéia de como a gente fica limitado em atividades de lazer. Cada opção a mais é uma grande conquista! Sobre o preparo físico, rapidinho vc melhora 🙂

    Grande abraço e passa lá no domingo!

    Resposta
  • quinta-feira, 22 de abril de 2010 em 19:18
    Permalink

    Genial…Parabéns pela iniciativa. Como dizia a minha mãe: De grão em grão a galinha enche o papo.

    abril 23rd, 2010 - 15:26
    Eduardo Camara respondeu:

    Obrigado, Solange! E vc, se anima a pedalar?

    Resposta
  • quinta-feira, 22 de abril de 2010 em 20:08
    Permalink

    Primeiro, parabéns pela generosidade de vcs, coisa rara hoje em dia!
    Segundo, eu tenho que tomar vergonha na cara e ir não só conhecer o projeto como testar a bike. Tava pensando em substituir a academia por um passeio matutino na orla. Mas preciso saber se meus braços aguentam, rs.

    Bjs, Cris.

    abril 23rd, 2010 - 15:27
    Eduardo Camara respondeu:

    Cris, tem que tomar vergonha na cara mesmo! E os braços podem até não aguentar nos primeiros dias, mas logo, logo vc se acostuma! Beijos!

    Resposta
  • quinta-feira, 22 de abril de 2010 em 21:27
    Permalink

    Foi indescritível andar de bicicleta pela primeira vez na vida.
    Assim que voltar de viagem vou novamente. Tenho que melhorar minha resistencia, pois fiquei com os braços bem doidos.
    Até breve.

    abril 23rd, 2010 - 15:28
    Eduardo Camara respondeu:

    Muito bom, né Paula? O braço doído acontece só no começo. Depois vc vai ver que é bem tranquilo! Beijos!

    Resposta
  • quinta-feira, 22 de abril de 2010 em 21:54
    Permalink

    ei bem que essa ideia possa ir para outros lugares do brasil.

    abril 23rd, 2010 - 15:29
    Eduardo Camara respondeu:

    Sabia que tem muita gente com handbike encostada dentro de casa? Tenta convencer esse povo a emprestar tb! Abração!

    Resposta
  • quinta-feira, 22 de abril de 2010 em 22:53
    Permalink

    Dado,
    To muito afim de ir e testar se consigo! Fiquei impressionada com o vídeo que a Bianca editou de vc passeando por aí. Acho que deve dar um prazer e tanto essa sensação de total liberdade.
    Embora eu tenha muito menos mobilidade que vc, já que não sou lesada medular, e, por ter amiotrofia, meus braços acabam por perder força tb, acho que vale a pena a tentativa 🙂
    Farei de tudo pra ir!

    abril 23rd, 2010 - 15:31
    Eduardo Camara respondeu:

    Oi Joana! A sensação é indescritível! Vai sim e a gente tenta ver se dá certo… A bike ainda precisa de uma série de adaptações, mas com paciência eu acho que a gente consegue fazer com que bastante gente consiga andar. Se tiver algum acessório que vc acha que possa melhorar seu equilíbro ou a “pegada” do pedal, leva pra lá! Beijos!

    Resposta
  • sexta-feira, 23 de abril de 2010 em 01:28
    Permalink

    Vamos ver se dessa vez eu consigo ir.
    Não falar que vou a praia, para não chover.
    Não vou prometer, porque o risco de não cumprir aumenta em 60%.
    Não dou certeza, para não aumentar os outros 40%.
    🙂

    abril 23rd, 2010 - 15:32
    Eduardo Camara respondeu:

    Hahaha! Vira essa boca pra lá! Mas vou te dizer que um pouquinho menos de sol até que ia bem, pois domingo passado tava um calor danado. Faz uma força aí e dá um pulo por lá que vc vai gostar. Abração!

    Resposta
  • sexta-feira, 23 de abril de 2010 em 17:39
    Permalink

    Mais uma vez venho aqui pedir para vcs trazerem isso tudoaqui para NITEROI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! bj

    abril 24th, 2010 - 18:20
    Eduardo Camara respondeu:

    Vem ao Rio experimentar, Ana!!! Beijos!

    Resposta
  • sexta-feira, 23 de abril de 2010 em 20:40
    Permalink

    Dado muito bacana essa sua iniciativa, Parabéns!!!
    Pô séria uma joia, tivesse essa oportunidade dessa por aqui em Jõao Pesssoa-PB.
    Um Abraço e sucesso pra vc…

    abril 24th, 2010 - 18:20
    Eduardo Camara respondeu:

    Quem sabe um dia, Will… Estou tentando popularizar essas bikes! Abração!

    Resposta
  • terça-feira, 27 de abril de 2010 em 13:36
    Permalink

    Boa Tarde

    O projeto inclui as crianças tambem?

    Ou as bicicletas são só para adultos?

    Pergunto porque tenho um filho de 5 anos que tem artogripose, e ele quer muito andar de bicicleta, já fiz algumas pesquisas, mas está bem complicado para comprar uma pra ele, já que não encontro nada nacional e não tenho condições de trazer de fora uma…

    Obrigada pela atenção
    Bjs

    abril 28th, 2010 - 12:20
    Eduardo Camara respondeu:

    Oi Ariane,

    Infelizmente, essa bicicleta é para adultos. Até existem bicicletas para crianças também, mas não é o caso. Uma menina mais velha, com 12 anos, conseguiu pedalar numa boa, mas com 5 anos seu filho não vai conseguir alcançar os pedais.

    Eu vou tentar descobrir se existe alguma bicicleta desse tipo para crianças e, se descobrir, te aviso!

    Beijos,
    Eduardo

    Resposta
  • sábado, 1 de maio de 2010 em 23:49
    Permalink

    Boa noitye me chamo Mônica, e sou portadora de deficiência física, e atravéz da novela fiquei sabendo que a respeito da handbik, e me senti um pouco motivada poruqe eu moro num lugar muito dificil e preciso sempre ser carregada de bicicleta por mru esposo e meu filho maior. com isso me sinto muito presa e dependente. na verdade devido a minha deficiencia fisica minha nmae me manteve sempre muito presa e tinhamos vidas muito dificil e humilde com issso nem imaginava um dia poder ter uma bicicleta como essa na veradade nem sabia que existia. por isso gostaria muito que um de vcs pudesse me dar si for possível o endereço ou telefone , email. para eu poder tentar ver si consigo comprar uma para mim, e assim poder ter uma locomoção independente sem ter que sempre contar com alguém. na verdade consegui tirar minha carteira de motorista no projeto cidadania sobre rodas , porem ainda não tivi condições de comprar o meu carrro mesmo com as insenções que tenho direito, porque a vista não posso e parcelado dobra de preço e as parcelas ficam muito além do meu alcance. por isso si caso alguém de vcs souberem e tiverem uma bicicleta para portador de necessidades especiais para vender e puderem entrar em contato comigo irá me ajudar muito a poder me locomover sozinha. ou tbm onde posso comprar direto do fabricante.
    Deixo aqui a minha alegria em ver esse projeto agir de tal forma que ajude a muitas pessoas para poderem si sentirem melhor e mais independente.
    Um grande abraço Mõnica

    maio 10th, 2010 - 09:46
    Eduardo Camara respondeu:

    Oi Mônica!

    Infelizmente, não tem empresas vendendo essa bicicleta aqui no Brasil. Fica ligada no http://maonarodablog.com.br/handbike que eu vou colocar os links para pessoas que fabricam artesanalmente. Uma delas é o Fabio Costa (http://handbikebrasil.blogspot.com) e vc pode tentar falar direto com ele.
    Se vc morar no Rio, pode tentar ir à praia de Ipanema no próximo domingo e testar a bicicleta. Que tal?

    Grande abraço,
    Eduardo

    Resposta
  • quinta-feira, 6 de maio de 2010 em 23:37
    Permalink

    Obrigada Eduardo

    Fiz algumas pesquisas também, mas as que eu encontrei ou vinhão que vir de fora, e a nacional é muito cara! Se não me falha a memória cerca de R$ 6500,00 fora às adaptações que ele vai necessitar!

    Meu Arthur é uma criança com muita energia e é muito alegre, mas acaba ficando mais no vídeo game ou no quarto dele que é revestido com tatame de EVA, para ter liberdade de se arrastar sem se machucar…

    Bom, mas se você ver algo, ou alguém que segue o blog, ficaria muito grata!

    março 3rd, 2011 - 10:39
    Eduardo Camara respondeu:

    Ariane, lembrei de uma empresa que de repente fabrica bike quser serve pro seu filho: http://www.dreambike.com.br. Outra opção é conversar com o pessoal da Handvikn (www.handvikn.com.br) e ver se eles aceitam o desafio de construir uma handbike para criança!

    Resposta
  • quinta-feira, 3 de março de 2011 em 08:09
    Permalink

    adorei a ideia… meu pai teve um AVC há 7 meses e ficou com o lado esquerdo paralisado, ficando limitado para algumas atividades, como andar, ir a praia (que ele adorava)… esse Carnaval mesmo, estamos super apreensivos pois queriamos ir a Buzios, onde temos uma kitinete, mas meu pai não está querendo ir, sabendo das limitações que terá… como consigo alugar um equipamento desse… Vc tem alguma outra solução para conseguir levar meu pai a praia ??? aguardo resposta ansiosa… grande abraço… E parabéns,parabéns pela iniciativa… tudo de melhor pra ti…

    março 3rd, 2011 - 10:40
    Eduardo Camara respondeu:

    Oi Ghirlayne,

    Para alugar, não conheço… Sobre equipamento para levar à praia, de repente é uma boa comprar uma cadeira anfíbia. Tenta conversar com o pessoal do projeto Praia Para Todos (www.praiaparatodos.com.br).

    Abraços e boa sorte!

    Resposta
  • segunda-feira, 1 de abril de 2013 em 11:10
    Permalink

    Olá, meu namorado é cadeirante e o sonho dele é conhecer Copacabana. o aniversario dele é dia 13/04 e estou pretendendo leva-lo e se pudesse aproveitar para fazer o passeio de handbike seria otimo. me passe mais informações por favor

    Resposta
  • domingo, 14 de dezembro de 2014 em 14:41
    Permalink

    Já faz algum tempo, mas agora é que me veio a oportunidade de dar uma atenção maior pra esse lado. Junto com isso, o crescimento da barriga também foi um incentivo forte…
    Aonde eu poderia saber do preço desta handbike?
    Valeu!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

X

Pin It on Pinterest

X