Equipamentos

Cadeira de rodas da Luciana

51

You are currently browsing comments. If you would like to return to the full story, you can read the full entry here: “Cadeira de rodas da Luciana”.

Sobre o autor / 

Cris Costa

Artigos relacionados

51 Comentários

  1. katy terça-feira, 27 de abril de 2010 em 14:58 -  Responder

    hahaha não sabia desse detalhe da cordinha, e já ouvi boatos que a cadeira dela era da tokleve, mas boa e bonita mesmo é a sua cadeira né moça :)
    e a cordinha, é pra dar um toque especial
    hjauahauhauh

    bjs

    abril 27th, 2010 - 21:55
    Cris Costa respondeu:

    Oi Katy, na verdade era da Tokleve em parceria com a Ortobras e hoje quem fabrica é a Ortobras já que a Tokleve fechou. Essa cordinha é uó! Depois de um tempo fica arrebentando direto, um saquito, rsrsrsrs. É um toque especial de dor de cabeça, rs. Bjs, Cris.

  2. tatiana rolim terça-feira, 27 de abril de 2010 em 16:02 -  Responder

    Infelizmente a realidade socioeconomica da nossa população de quase 25 milhoes de pessoas com deficiencias, nao permite que muitos possam ter acesso a uma cadeira como esta que alem de conforto e beleza traz agilidade para o cadeirante, tudo porque ainda vivemos as margens da exclusao social, de beneficios previdenciarios que se quer da para manter medicação, fraldas pra quem precisar, uripen entre outros custos para meninos e meninas cadeirantes.
    Nao bastasse estas questoes, vivemos ainda um dilema na lei de cotas, onde pessoas ja estao capacitadas com ensino superior e muitas empresas nao permitem ou possibilitam a contratação, restrigindo vagas oportunas somente para telemakteings.Desta forma como comprar uma cadeira de rodas deste gabarito, com salarios que beiram 520,00??????????????
    um dia quem sabe a inclusao de fato possibilite-nos a integralidade dos direitos humanos…
    abrc s
    tatianarolim

    abril 27th, 2010 - 21:58
    Cris Costa respondeu:

    É verdade Tatiana, o preço das cadeiras são absurdos mesmo. Quanto ao mercado de trabalho, acho que ainda existe um longo caminho até as contratações serem iguais para todos, mas já vejo algumas empresas com essa postura. Mas infelizmente ainda são poucas. Bjs, Cris.

  3. Christian Matsuy terça-feira, 27 de abril de 2010 em 16:30 -  Responder

    Olá Cris,

    acredite, mas tem muita gente que gosta da “cordinha”, por já estarem adaptados a essa forma de dobrar o encosto, a Blizzard e várias cadeiras da Quickie utilizam esse sistema. o sistema Tishaft presente nas TiLites foi patenteado e deve demorar um pouco para poder ser copiado.

    os fabricantes nacionais finalmente se tocaram que nossas ruas demandam uma melhor qualidade de roda dianteira, o que na M3 é item de série. O garfo da roda oferece um sistema de absorsão de impactos.

    a questão do preço é complicada. só prefiro concordar que custa caro.

    ps: a caixa econômica federal, tem um programa de financiamento para compra de equipamentos e cadeiras de rodas, no site deles têm todas as informações necessárias, me parece que financiam em 24x. acho que muita gentre não sabe disso.

    abril 27th, 2010 - 22:02
    Cris Costa respondeu:

    Oi Christian, eu nunca gostei daquela maledeta, rsrsr, depois de ver o esquema da TiLite então… Cordinhas nunca mais, rs.

    Muito legal esse lance da Caixa, eu não sabia. Mas fui lá no site e o link pra esse financiamento está indisponível. Espero que não tenha acabado. Vou ver se descubro mais detalhes. Valeu!!!

    Bjs, Cris.

  4. Eduardo Camara terça-feira, 27 de abril de 2010 em 16:36 -  Responder

    Essa cordinha é mesmo uma droga, e volta e meia parte. A Tokleve já experimentou um cabo de aço tb, mas era uma porcaria e pouco prático. Bom mesmo é o da TiLite!!!

    Ah, eu ainda acho a cadeira cara pro que oferece. Temos que pensar que ela não paga ICMS, IPI e por aí vai. Devia custar é uns 2 mil! Beijos!

    abril 27th, 2010 - 22:03
    Cris Costa respondeu:

    Abaixo as cordinhas! rs. E sim, pelo tanto de isenções que eles tem o preço podia ser menor. Bjs, Cris.

  5. Luis Fernando Sper Cavalli terça-feira, 27 de abril de 2010 em 20:54 -  Responder

    Concordo plenamente com a Cris e com o Edu, essa cordinha é muito problemática. Mesmo a da OttoBock (Blizzard) me traz dificuldades – tá na hora de uma nova solução. Infelizmente, raros cadeirantes tem acesso a boas cadeiras. Há necessidade urgente de uma diminuição dos custos das CRs. A própria saúde dos cadeirantes depende de boas cadeiras, mas para isso seus valores tbém precisam ser acessíveis.

    abril 27th, 2010 - 22:05
    Cris Costa respondeu:

    Oi Luis, é verdade! Uma boa cadeira melhora e muito a qualidade de vida de um cadeirante. Os preços deviam ser bem menores, até pq pelo que oferecem (qualidade e durabilidade) acho que o preço está bem acima da realidade. Bjs, Cris.

  6. Christian Matsuy terça-feira, 27 de abril de 2010 em 22:12 -  Responder

    oi Cris tá lá no site da caixa:

    BCD CAIXA – Viver sem Limites

    Linha de crédito destinada a financiar, exclusivamente, equipamentos, bens e serviços úteis a pessoas com necessidades especiais, tais como: prótese, órtese, aparelho ortopédico, cadeira de roda, cadeira para banho, aparelho auditivo, telefone especial, software especial, impressora em braile, elevador residencial, camas motorizadas, inaladores, andadores, calculadora especial, relógios em Braille e falados, teclado especial, adaptação de veículos, entre outros.

    Forma de pagamento
    Prestações mensais, calculadas com base no Sistema Francês de Amortização – Tabela PRICE.

    Encargos
    Taxa de juro: Prefixada em 1,96% ao mês.
    IOF de acordo com a legislação em vigor, cobrada no ato da contratação.
    Taxa de Abertura de Crédito (TAC): 3% do valor financiado, com valor mínimo de R$ 60,00 e máximo de R$150,00.
    Garantia
    Aval ou caução.

    http://www.caixa.gov.br/voce/Credito/FINANC_VEIC_OUTROS_BENS/BCD_CAIXA/index.asp

    abril 27th, 2010 - 22:29
    Cris Costa respondeu:

    Valeu Christian, vou ver se coloco num post pra mais gente poder ver. A não ser que vc queira fazer. Será que eles financiam handbike?rsrsrs. Brigadão! Bjs, Cris.

  7. Breno quarta-feira, 28 de abril de 2010 em 13:07 -  Responder

    Oi Cris!
    Infelizmente a situação de um cadeirante no Brasil é muito complicada. Além da dificuldade que existe para ele ter uma cadeira de roda adequada, temos ainda toda a questão da falta de acesso a lugares públicos, que até hoje, apesar de já existirem leis que exijam acessibilidade nesses locais, temos que diariamente esbarrar com essas limitações arquitetônicas. Fiquei pasmo de saber que essas cadeiras nacionais, apesar da isenção de alguns impostos ainda estejam custando tudo isso. Infelizmente por existir pouca concorrência nesse mercado aqui no Brasil, essas empresas conseguem manter um preço absurdo assim, por uma cadeira que não vale nem a metade disso. Importar uma cadeira de rodas as vezes é meio complicado, e demorado também, mas apesar disso ainda acho muito melhor e mais em conta do que comprar uma cadeira igual a da Luciana da novela. Espero realmente que uma empresa séria surja no mercado nacional de cadeira de rodas para oferecer uma concorrência justa com as atuais empresas, e com um preço compatíveis com o produto. Quem sabe um de nos, no futuro, ainda vai abrir uma empresa e entrar nesse mercado para oferecer uma opção com mais qualidade e preço?

    abril 28th, 2010 - 20:04
    Cris Costa respondeu:

    Oi Breno, também não acho justo o preço que cobram pelas cadeiras nacionais, também adoraria (acho que todo mundo gostaria, rs) de ter maior concorrência por aqui, só assim as nacionais melhorariam. Bjs, Cris.

  8. Brunna Melazzo quarta-feira, 28 de abril de 2010 em 13:33 -  Responder

    Oi Cris…
    sobre os preços de cadeiras e equipamentos já fiz os meus protestos
    hehehhehehe

    mas sobre as cordinhas, eu tambem não gostava, não, passei apertado com a cadeira do meu namorado, minha força e jeito e meu santo não batiam com aquilo…
    no fim do ano passado ele trocou de cadeira e essa nova não tem a cordinha…
    a trava do encosto é feita com aquele protetor lateral de roupa, não sei se vc conhece…
    é só destravar o protetor q ela dobra…
    a cadeira dele é nacional e não é dessas marcas chicks e famosas, não!! hehehehehehe
    é da Mão na roda, mesmo nome do blog, fábrica da Adfego (Associação e deficientes de Goiás)

    abril 28th, 2010 - 20:15
    Cris Costa respondeu:

    Oi Brunna, pôxa aquelas cordinhas são uó! As minhas arrebentavam toda hora. Que bom que a nova cadeira tem um esquema diferente! Bjs, Cris.

  9. aldrey quarta-feira, 28 de abril de 2010 em 14:19 -  Responder

    Nossa muiito esclarecedor sobre a cadeira ,meu sonhod e consumo,eu até pareço hoeme q namora um carrão pra comprar!!kkkk bjs

    abril 28th, 2010 - 20:20
    Cris Costa respondeu:

    Oi Aldrey, a cadeira é muito legal sim. Antes de trocar a minha também ficava babando na que gostava, rsrss. Bjs, Cris.

  10. Cristal quinta-feira, 29 de abril de 2010 em 12:01 -  Responder

    Por ser andante, não entendo absolutamente nada de cadeiras… Mas achei uma viagem essa tal cordinha! É mesmo engraçado que, em pleno século XXI, as soluções pra certas coisas continuem sendo meras cordinhas!

    Me lembra a cordinha de puxar a descarga, que há pouco tempo foi finalmente substituída por um botão!

    abril 29th, 2010 - 16:29
    Cris Costa respondeu:

    Hahhahhahahhaa, é mais ou menos isso! Essa cordinha é ruim de mais, com o tempo arrebenta fácil! Agora, se demorou tanto tempo pra mudarem a cordinha das descargas, imagina a de uma cadeira de rodas! Bjs, Cris.

  11. Gil Porta sábado, 1 de maio de 2010 em 19:20 -  Responder

    Já que o assunto é M3, preciso trocar urgentemente o encosto da minha e não encontro revendedores aqui em BH.

    Enviei um pedido de socorro para a Ortobrás, mas ainda não recebi nenhuma resposta.

    Alguém tem como me ajudar? Se precisar envio a foto com a solda quebrada e as medidas do encosto.

  12. Gil Porta sábado, 1 de maio de 2010 em 19:22 -  Responder

    Ah! Deixei um tópico sobre esse assunto no Fórum do Mão na Roda lá no Orkut.
    Tem até links para as fotos.

    maio 3rd, 2010 - 12:15
    Cris Costa respondeu:

    Oi Gil, vi que o Christian te deu uma ajuda lá na Comunidade. Mas se precisar de ajuda, fala! Bjs, Cris.

  13. julio pecly sábado, 1 de maio de 2010 em 20:18 -  Responder

    REALMENTE ESSE CADEIRA É UMA CADEIRA DE NOVELA!!! POIS NA VIDA REAL POUCOS CADEIRANTES PODERIAM TER UMA DESSA! SERA QUE ALGUEM PODERIA FAZER UM TESTE DRIVE COM UMA CADEIRA DESSA, PARA VER SE EL RESISTIRIA AOS BURACOS DO RIO, SE CONSEGUIR DURAR UM ANO, SAINDO QUASE TODOS OS DIAS, O PREÇO VALERIA APENA. UMA CADEIRA COMUM, VIVE COMIGO APENAS UM ANO E VAI PRO LIXO, ESSA CUSTA SEIS VEZES MAIS, SERA QUE A DURABILIDADE É A MESMA. COM A LUCIANA, SE ELE EXISTISSE, DURARIA UMA VIDA INTEIRA, POIS NA NOVELA ELA TEM CARRO, NAO ANDA NAS RUAS DO RIO. EU CONTINUO COM A MINHA BATALHA, UMA CADEIRA DE RODAS NAO PODE TER ESSE PREÇO, O GOVERNO TEM QUE ZERAR TODAS AS ALIQUOTAS DOS IMPOSTOS. CADE NOSSOS POLITICOS, VAMOS QUEBRAR A PATENTE, SEI LÁ. TODOS OS CADEIRANTES TERIAM QUE TER DIREITO A MELHOR CADEIRA, QUE TEM AIDS, O GOVERNO DISTRIBUI O COQUITEL, PORQUE NAO SE CRIA UMA PLITICA ASSIM PARA OS DEFICIENTES FISICOS. CONTINUO EU NA MINHA BATALHA. ABRAÇOS

    maio 3rd, 2010 - 12:14
    Cris Costa respondeu:

    Oi Julio, na verdade o Governo até doa cadeiras, mas o problema é que a qualidade delas é péssima. O governo devia financiar parte do custo ou algo parecido. E já existem incentivos fiscais para os fabricantes de cadeiras, o problema é que eles não diminuem o preço por causa disso. Quanto a durabilidade da cadeira eu não sei. Mas concordo que o preço é bem salgado e longe do poder aquisitivo da maioria do cadeirantes. Considerando que cadeira não é artigo de luxo e sim uma necessidade, o preço deveria ser bem menor. Mas, continuamos na luta sim! Bjs, Cris.

    maio 7th, 2010 - 16:43
    Eduardo Camara respondeu:

    Opa Julio!

    O governo já fez a parte dele… Alíquota zero para IPI, ICMS, PIS e COFINS de cadeira de rodas. Eu realmente não entendo como elas podem custar tanto! Nos EUA uma cadeira que custa 1500 dólares (menos de 3 mil reais) é considerada cara. E olha que é uma beeeem melhor do que as que vendem por aqui. Eu realmente gostaria de saber os custos de fabricação de uma cadeira. Não acredito que seja necessária tecnologia de ponta para fabricar cadeiras, né? Grande abraço!

  14. Albino Figueiredo sexta-feira, 7 de maio de 2010 em 15:07 -  Responder

    Prezada Cris,

    Quero lhe parabenizar pelo seu blog, que tem proporcionado orientações e esclarecimentos de bom nivel.
    Você sabe a marca da cadeira de rodas motorizada usada pela personagem da novela das 8:00hrs?
    Gostaria de saber sua opinião sobre as cadeiras motorizadas.

    Abraço,

    Albino Figueiredo

    maio 7th, 2010 - 19:32
    Cris Costa respondeu:

    Oi Albino, que bom que gosta do Blog! Mas não é meu, são quatro pessoas escrevendo e a iniciativa do Blog foi do Dado e da Bianca.

    Eu não sei exatamente qual a cadeira da Luciana, parece uma Hummel ( http://www.brasrea.com.br/index1.php?op=cadeira-de-rodas-motorizada-Hummel ), mas não tenho certeza. Tem um link no site da Globo pra vc enviar perguntas ( http://falecomaredeglobo.globo.com/ ). De repente vale mandar um email perguntando.

    Quanto a cadeiras motorizadas, eu só usei uma vez durante uma viagem e foi muito legal. Me facilitou muito transitar pela cidade. Mas sempre ficava com medo dela pifar ou algo assim, rs. Mas deu tudo certo e a experiência foi boa! Mas ai vai da necessidade e limitação de cada um. Apesar de ter adorado, prefiro a manual até pra poder mexer os braços e tal. Não deixa de ser um pouquinho de exercício.

    Bjs,

    Cris

  15. Fabio de Carvalho segunda-feira, 10 de maio de 2010 em 12:47 -  Responder

    Quanto as rodas de magnésio,uso nas minhas cadeiras Star lite que modifiquei toda e também na Aktiva ultra lite X.Afirmo que as tais rodas são ótimas,pois uso há mais de 1 ano e nunca apresentou empeno ou qualquer outro defeito.
    Abraço,
    Fabio de Carvalho

  16. Fabio de Carvalho segunda-feira, 10 de maio de 2010 em 12:59 -  Responder

    Caro Albino Figueiredo.
    A cadeira motorizada da Luciana,novela da Globo,você encontra no site da reateam.Um amigo tem uma e elogia.Eu tenho uma americana Invacare P7 Action (revendedor autorizado no Brasil é a Oximed em Porto Alegre) há 10 anos e acho excelente,pois a única manutenção que realizei foi substituir as baterias U1 Gel depois de 8 anos de uso.
    Abraços,
    Fabio de Carvalho

  17. Marcus LIma terça-feira, 11 de maio de 2010 em 23:07 -  Responder

    E de repente nos vemos dentro do deserto, sem rumo, sem perspectivas, sem visão. Assim aconteceu comigo, um garoto que, aos 21 anos, teve seus sonhos interrompidos em 15 de abril de 2009, quando foi detectado pelos médicos, um hemangioma, um Tumor comprimindo a medula na T4 (quarta vértebra Toráxica). Sem acidente, sem negligência, sem imprudência, simplesmente apareceu. A sensação inicial foi de desespero e abandono e foi exatamente nessa hora, que comecei a sentir o toque verdadeiro de Deus em minha vida.
    Em abril de 2009 fui internado para a realização da cirurgia de retirada do Tumor, mas antes de tudo fui submetido a vários exames e os médicos detectaram que não era um caso tão simples, era um caso realmente raro. Foram feitos vários outros exames e uma série de estudos para decidirem o procedimento a ser adotado.
    Em Julho foi realizada a tão esperada Cirurgia, um sucesso, segundo os próprios médicos, mas eu já estava Paraplégico, sem movimentos e sem sensibilidade, e nesse momento, me desesperei. O meu único pensamento era: “Eu vou voltar a andar?”
    Saí do hospital sem movimentos, com um quadro certo de paraplegia e pouco mais a se fazer aos olhos dos homens, os médicos não sabiam o que dizer e o que ia acontecer. E a resposta que ouvia sempre era: “Não sabemos, somente o tempo irá dizer se você vai andar ou não”
    Mas a transformação interior que Deus havia feito no hospital me fez querer lutar ainda mais pela vida e não pensar em desistir. Pequenos gestos; movimentos como mexer os dedos dos pés, me enchiam de gratidão e esperança.
    Depois de 29 dias em casa, fui chamado para continuar meu tratamento no Sarah de BH. Mais fisioterapia, mais fé, mais gratidão, mais esperança. Ainda de cadeira de rodas, mas já com uso de talas e já treinando na barra, fui liberado para voltar para casa com o retorno marcado para 3 meses depois, para cumprir mais uma etapa, o andador.
    E com apenas um mês, em casa, eu estava usando o andador e com mais um mês, já estava apenas com uma muleta. Três meses se passaram e eu retornei ao Sarah para a revisão. E, para a surpresa de todos, depois de 7 meses da cirurgia, estou andando normalmente, sem a ajuda de aparelhos.

    Os desertos que enfrentamos parecem deixar nossos sonhos cada vez mais distantes, mas a Fé e a vontade de viver nos fazem transformar os obstáculos em objetivos de vida e não nos deixa desistir jamais.

    “Aos olhos dos homens, sou um caso inexplicável;
    Aos olhos de Deus sou um vaso novo…”
    (Marcus Lima)

  18. antonio januario neto sexta-feira, 28 de maio de 2010 em 22:37 -  Responder

    ja que a novela terminou a rede globo bem que poderia fazer uma doação para mim desta cadeira

    maio 29th, 2010 - 17:50
    Cris Costa respondeu:

    Pois é, me pergunto o que fizeram com a cadeira! rs. Bjs, Cris.

  19. alex max segunda-feira, 30 de agosto de 2010 em 19:07 -  Responder

    cadeira da Ortobras é podre não quanta o dia dia mais fazer o que as grigas são caras tem que ter mais uma fabrica no brasil com cadeira que vale apena anda

  20. Virginia sexta-feira, 17 de setembro de 2010 em 09:31 -  Responder

    Ola,

    Trabalho em uma ONG, no sul de Minas e temos um amigo que precisa muito de uma cadeira de rodas legal. Ele recebeu uma doação de uma mas ele tem tido muitas escaras. Pensamos em nos mobilizar para arrecadar fundos pra comprar uma cadeira nova pra ele.
    Qual seria o modelo ideal? Vcs podem me ajudar?
    Obrigada
    Virginia

    setembro 17th, 2010 - 18:04
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Virgínia,
    Seria interessante seu amigo utilizar algum tipo de almofada sob o assento da cadeira, os mais comuns são os de espuma, porém pouco eficientes, outra solução barata é a almofada d’agua, que custa em torno de 30 reais e resolve bem o problema. Na verdade é muito importante que seu amigo tente se recuperar dessa escara evitando sentar por muito tempo, assim ela sara mais rápido. Recomendo que você coloque suas dúvidas na nossa comunidade do Orkut, assim muitas outras pessoas poderão compartilhar experiências.

    beijo,
    Christian

  21. Elisangela terça-feira, 21 de setembro de 2010 em 21:04 -  Responder

    Oi, Cris.
    Tenho duas M3, não porque são ótimas, mas muito pelo contrário só tenho problemas com elas.
    problemas:
    -rodas
    -nivel
    -freios
    -encosto
    -braço
    -a tal da cordinha

    Além do mau atendimento da loja onde comprei, mas nada como a justiça. rsrsrs… para eles começarem a nos tratar com cliente paciente
    A minha historia é muito grande, não da para escrever,…
    bjs
    Elisangela

    novembro 6th, 2010 - 15:41
    Cris Costa respondeu:

    Oi Elisangela, espero que vc tenha conseguido acertar a cadeira! Tá ai algo que não deveria dar problema nunca! Um absurdo a falta de qualidade das cadeiras nacionais. Uma vergonha. Bjs, Cris.

  22. Anderson quinta-feira, 4 de novembro de 2010 em 17:52 -  Responder

    Olá Cris, ví que você comentou em uma das respostas, sobre a cadeira TiLite, estou indo aos EUA em janeiro e pretendo comprar uma cadeira dessas, mas só do questionário para preencher já desanimo. http://www.spinlife.com/TiLite-TiLite-TX-Folding-Wheelchair/spec.cfm?productID=79122 olhei neste site e em outros, o preço é o mesmo em todos. Você tem alguma sugestão de preenchimento mais fácil das receitas ? Abraços

    novembro 6th, 2010 - 15:44
    Cris Costa respondeu:

    Oi Anderson, o questionário é longo sim, mas não desanima por causa disso não. É por ter tudo bem especificado que a cadeira fica tão boa e perfeita para o usuário. Lá na comunidade do Orkut já tem vários tópicos de discussão esclarecendo dúvidas sobre o questionário. Dá uma olhada lá, com certeza vai te ajudar, e se tiver alguma dúvida, coloca lá que o pessoal ajuda! Bjs, Cris.

  23. rejane contente terça-feira, 8 de março de 2011 em 15:24 -  Responder

    gostaria muito de pode ajudar um amigo que conheci nao muito tempo e que precisa muito dessa cadeira.o custo e muito caro.como agente poderia conseguir uma gratuitamente.pois essa pessoa precisa muito dela para se locomover .nos ajudem,peço nao por mim, para esse meu amigo.obrigada.

  24. Marlene SS quinta-feira, 31 de março de 2011 em 03:19 -  Responder

    Olá Cris.
    Muito interesante seu blog.
    Minha filha ganhou uma M3 é muito leve e permite q vc apareça mais que a cadeira. O valor realmente é muito caro, com as rodas de raio ficou no valor de R$ 3.890,00 e tem que ter um certo cuidado pois ela empina com muita facilidade.
    Se tiver alguém com experiência ficarei muito grata de receber orientação.
    Marlene SS

  25. DANIEL GONÇALVES. segunda-feira, 29 de agosto de 2011 em 22:11 -  Responder

    E MEU SONHO DE TER UMA CADEIRA DE RODAS M3 COM RODA DE FRIBRA DE CARBONO DE TRES PONTA, É UM ESPETACULO ESPERIMENTEI UMA NA LOJA MAI QUE DELICIA DE LOCOMOVER NELA, É MESMA COISA VC TER UM FUSCA E SENTAR NUMA BMW, ESPERO TER UMA NO FUTURO, TENHO QUE JUNTAR MINHAS ECONOMIA PELO MENOS TRES ANOS SEM PARAR, MAIS É BOM SONHAR UM POUCO, FAZ PARTE DA VIDA, UM ABRAÇO A TODOS CADEIRANTES DO BRASIL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.

  26. Vilson Alves Vieira quarta-feira, 12 de outubro de 2011 em 21:26 -  Responder

    Tenho uma cadeira de rodas modelo new ajustavel da ortomix fabricada aqui em Goiania que é tão boa ou melhor do que a m3, pois não tem á cordinha como trava do encosto, é só puxar uma alavanca de cada lado que o encosto destrava.

  27. Welington quinta-feira, 23 de agosto de 2012 em 18:41 -  Responder

    os preços das cadeiras são um roubo danado não consigo compra uma descente até hoje

  28. robson belinato borges segunda-feira, 5 de agosto de 2013 em 16:43 -  Responder

    ola !!!!!! meu nome é robson sou cadeirante a 3 anos e estou comprando uma cadeira nova , a minha duvida e´,qual dessas é melhor a ortobras m3 ,ou a ortomix new ajustavel?

  29. Carla quarta-feira, 28 de agosto de 2013 em 21:53 -  Responder

    Olá Cris
    Eu comprei uma M3 igual a da foto, mas tenho a impressão q não é uma cadeira indicada para Tetraplegicos, pois os braços não dão mta segurança, o que afeta a falta de equilibrio e me parece q com o tempo o enconto vai quebrar devido ao fato de eu ser mais empurada do que empurar, principalmente quando precisa empinar a cadeira p/ desviar de buracos e degrais, fora o encosto e assento rigido. Não sei se é uma quastão de tempo p/ me acostumar ou se ela não é uma cadeira indicada para tetra. Sou tetra mas movimento os braços e consigo empurar a cadeira. O que vc acha?

  30. Vanderlei de Freitas segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 em 01:40 -  Responder

    Quem tem intenção de compra essa cadeira não compre pq é só brunireis e não vale nada eu tenho uma. Cordilha arrebentou nos primeiro dia depois as roda da frente tbm quebrou tive w refazer os pino e isso quebrou trez vezes ante de eu troca os pino da roda dianteira pq quebrou e eu cai e quebrei a perna tenho a perna torta até hoje pq não pude engeça pq aí minha perna ia fica dura,
    Mandei vários e-mail para a ortobraz não obtive resposta hoje faz um ano q estou nesse dilema. Até inclusive se vc puder me indica uma cadeira boa eu fica super grato. Só não pode ser da ortobraz m3 pq é cara e é porcaria se alguém quiser me indica uma cadeira boa meu e-mais é assistecsnp@gmail
    Ou skype assistecsnp
    Fone (66)99856300. Wanderlei ok galera desde já muito obrigado

  31. anselmo sexta-feira, 14 de março de 2014 em 07:32 -  Responder

    E ai galera, passados alguns anos do inicio dessa discussão, o que há de novidade no mercado nacional. Quero comprar uma cadeira nova e estou por fora do que existe no mercado. (remend6@uol.com.br).

  32. Gabriel Carvalho domingo, 18 de maio de 2014 em 17:11 -  Responder

    Olá!

    Hoje a melhor monobloco nacional é a Dinâmica New Ajustável, fabricada pela Ortomix! O maior problema da M3 é que o Garfo é um lixo, sempre quebra, não tem jeito, a Ortobras já tentou arrumar, colocou um nível, mas mesmo assim, continua sendo um lixo.

    Essa é minha opinião!

    Gabriel Carvalho.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Publicidade

Facebook