Bares e Restaurantes, Locais visitados

Restaurante Aoyama – São Paulo

17

frente do restaurante AoyamaFrequento o restaurante Aoyama (unidade MOEMA) há algum tempo, e como o lugar tem uma boa acessibilidade, merece um post nosso.

A calçada em frente do estabelecimento é perfeita sem nenhum tipo de degrau ou imperfeição o que facilita o embarque / desembarque do carro. Não tem estacionamento próprio, mas tem serviço de Valet por R$14,00 (um pouco salgado). Veículos de pessoas com deficiência ficam sempre parados em frente ao restaurante, o que facilita.

A entrada fica praticamente no mesmo nível da calçada o que dispensa rampas e degraus.

O local tem dois andares e o segundo andar só tem acesso por escadas, mas o andar térreo é totalmente acessível. As mesas têm todas o mesmo tamanho, mudando apenas a disposição pra acomodar turmas de dois, quatro, seis e assim por diante. É só juntar as mesas e o salão oferece bom espaço para a circulação com a cadeira.

O melhor local para cadeirantes fica próximo ao balcão do Sushiman, que tem uma longa extensão e acomoda até cinco pessoas. Essa parte do balcão tem um vão livre enorme embaixo e pode acomodar até dois cadeirantes de uma vez. E ainda você pode ficar vendo seus sushis sendo feitos.

Visão geral do restaurante

A mesa com vão livre fica ao lado do balcão

Nota: esse lugar a que me refiro é uma mesa mesmo, não é o balcão. Caso você esteja com mais de 5 pessoas ou prefira as mesas comuns, dá para encaixar sua cadeira entre a emenda de duas mesas.

A casa funciona em sistema de rodízio (muito variado) e serve combinados a la carte também.

Caso não queira enfrentar uma possível espera, sugiro chegar até às 20h  nos fins de semana ou faça sua reserva antecipada. No almoço é mais tranquilo.

Por último, o banheiro amplo, adaptado, não fica trancado, e é bem higienizado.

Restaurante Aoyama
Site: www.restauranteaoyama.com.br
Alameda Arapanés, 532 – Moema (ver no Google Mapas)
Tel: (11) 5052-7732
Preço: 70 Reais por pessoa 

Sobre o autor / 

Christian Matsuy

Cadeirante, paulistano bom gourmet e piloto profissional (de autorama)

Artigos relacionados

17 Comentários

  1. Eduardo Camara terça-feira, 27 de julho de 2010 em 16:28 -  Responder

    Ótima dica, Christian!

    Bora lá quando eu passar em SP novamente. Abraços!

    julho 27th, 2010 - 16:42
    Christian Matsuy respondeu:

    opa, demorou!
    só ligar!

    abração!

  2. Tabata terça-feira, 27 de julho de 2010 em 16:30 -  Responder

    Adooooooro esse restaurante, acredita que nunca tinha ido ao banheirodeste? rs O de Moema é acessível, mas a unidade do Itaim deixa a desejar em acessibilidade, porém os garçons estão sempre prontos pra dar uma ajudinha! Bjokas!

    julho 27th, 2010 - 16:41
    Christian Matsuy respondeu:

    Oi Tabata! conheço apenas a antiga unidade do Itaim que era pequena, sem acessibilidade alguma, até que abriram essa unidade que é bem maior, e tem uma excelente acessibilidade!

    O pessoal do Valet sempre me ajuda a entrar e sair do carro também.

    beijo!
    Christian

  3. Cris Costa quarta-feira, 28 de julho de 2010 em 11:59 -  Responder

    Se eu soubesse tinha ido nesse, não no outro, rs. Acho que ai em SP tem mais e melhores opções que aqui no Rio :o( . Aguardando por mais dicas boas, rsrsrss. Breve, tô chegando ai. Bjs, Cris.

    julho 28th, 2010 - 19:36
    Christian Matsuy respondeu:

    Olá Cris!
    na boa sem desmerecer o restaurante que você foi, mas a qualidade desse é praticamente imbatível…

    bjo! a gente se vê no twitter!

  4. Breno Nogueira quarta-feira, 28 de julho de 2010 em 16:50 -  Responder

    Agora deu ate vontade de ir a Sao Paulo só pra conhecer esses restaurantes. Boa dica!!

    julho 28th, 2010 - 19:46
    Christian Matsuy respondeu:

    fala Breno!
    na próxima avaliação de rstaurante vou colocar a foto do prato só de sacanagem! 🙂

    abraço!
    Christian

  5. Alberto Almeida quinta-feira, 29 de julho de 2010 em 17:19 -  Responder

    ola boa tarde tudo em paz ?
    eu me chamo alberto, e achei muito interesante este blog!
    queria saber a onde eu poderia compra calota ou protetor de raio?
    aqui em belem, tem mas e muito caro, que teria um local para indicar?
    um grande abraço para todos

    A.A

    julho 29th, 2010 - 19:12
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Alberto!

    esse acessório é um tanto quanto fácil de ser encontrado, de uma olhada na loja virtual http://www.lojacomoir.com.br que trabalha com diversos acessórios para cadeira de rodas e é confiável.

    abraço!
    Christian

  6. Alberto Almeida sexta-feira, 30 de julho de 2010 em 18:04 -  Responder

    muito obrigado Christian Matsuy
    eu passei um e-mail com o pedido, me diga uma coisa como faço para me torna um colaborador, ou associado do blog mão na roda?

    A.A

    julho 31st, 2010 - 12:16
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Alberto,

    você pode encaminhar suas dicas e sugestões através do email maonarodablog@gmail.com

    sempre que publicamos a dica ou sugestão de alguém nós damos os créditos!

    abraço,
    Christian

  7. Natália sábado, 31 de julho de 2010 em 00:37 -  Responder

    Adorei a dica de restaurante de SP, sempre que puderem coloquem várias dicas de sampa! É muito bom saber.
    Eu queria uma dica de restaurante Mexicano em SP, vcs me indicariam algum? Dificial encontrar com fácil acesso.
    Parabéns pelo blog, a-do-ro!
    Bjuu

    julho 31st, 2010 - 12:13
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Natália,
    ficamos contentes em saber que você gostou da dica.
    restaurante mexicano, tem o yucatan http://www.yucatan.com.br (fica tranquila que tem mesa comum também, a foto do site pode te assustar), já fui lá mas não avaliei a acessibilidade dos banheiros, mas é térreo sem degraus e funciona em sistema de rodízio também, esse fim de semana teremos mais uma boa dica!

    bjo!
    Christian

  8. Maria sábado, 31 de julho de 2010 em 01:07 -  Responder

    É por saber disso que tenho a certeza de que viver não depende
    de acessórios.
    Não sou cadeirante, no entanto,
    vivo sob quatro paredes.
    Motivos: falta de grana, outras, de vontade.
    Quando a gente quer a gente cria.

    Beijo grande,

    julho 31st, 2010 - 12:19
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Maria!

    muito obrigado por sua visita ao blog! sem dúvida, quando a gente quer a gente cria, ou reinventa.
    o importante é isso.

    beijo
    Christian

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Publicidade

Facebook