Ir para conteúdo principal | Acessibilidade do blog

Conteúdo Principal

Floripa

Cris Costa - segunda-feira, 25 de outubro de 2010 - 14:14

Como todos estão carecas de saber, o povo do Blog adora viajar. E dessa vez meu destino foi Florianópolis. Fui para o casamento de uma amiga, e claro aproveitei pra conhecer um pouquinho da cidade. Mas foi tão pouco, que ainda no aeroporto já me dava saudades e desejo de voltar em breve pra aproveitar mais dessa cidade linda. Fiquei apaixonada pela ilha.

O Hotel no qual fiquei era bem acessível e adaptado(Jurerê Beach Village). O quarto era amplo e com banheiro adequado.

Ah sim, um pequeno parênteses: porque em nenhum hotel (pelo menos nunca vi) colocam o raio da saboneteira perto do banquinho? E o shampoo e condicionador, onde eu ponho? Ok, ninguém precisa responder. Mas tá aí algo em que podiam pensar na hora de adaptar o banheiro, né?

Voltando,  o pessoal do hotel era 100% solícito. Mas como era tudo barreiraless (sem barreira) nem precisei importunar muito os funcionários.  O hotel possuía uma rampa pra se chegar à praia, que pensei em usar pra chegar direto na água. Mas achei que a volta seria um tanto complicada e preferi não arriscar, rsrsrsrs. E fiquei olhando pro mar com cara de saudade e me lebrando da sensação deliciosa de pisar na areia molhada e dar um mergulho :O(

No único dia que tive livre, fui dar um passeio pra conhecer a cidade. Visitei  o Jurerê Internacional, que parece ser o point da galera bonita e sarada. Claro que me senti deslocada, mas não deixei de aproveitar o belo visual, fosse ele estático ou animado. Gostei muito da praia, e me pareceu a mais provável de conseguir dar um mergulho, já que a faixa de areia é bem pequena. Mas tava frio e resolvi deixar pra exibir meus bucheps em outra oportunidade.

Por ali dá pra circular tranquilo, o estacionamento, perto da praia, possui vagas reservadas e tem rampas para todos os lados. Porém, não consegui achar banheiro adaptado.

Continuando a visita, visitei um mirante com uma vista linda para a lagoa. E num final de tarde deslumbrante. Tem onde estacionar e não vi nenhuma dificuldade de chegar no mirante.

Cheguei a ir à praia Mole, mas já era tarde, o trânsito tava uó e o trecho pra chegar até a praia me pareceu bem complicado de ser ir com a cadeira. Aliás, para quem vai a Floripa é recomedável que vá de carro ou alugue um por lá. Alguns lugares são distantes e achar taxi não é fácil e como as distâncias são grandes pode ficar caro. Compensa muito estar de carro.

Cheguei a ir em alguns restaurantes, mas não consegui achar nenhum com banheiro adaptado. Porém notei que a maioria dos lugares possui rampas. Missão para uma próxima visita.

Enfim, infelizmente o passeio acabou e fiquei louca pra voltar e conhecer melhor a cidade. Mas valeu muito.  I’ll be back!

Hotel Jurerê Beach Village: www.jurerebeachvillage.com.br

Share

404

Lateral Direita

Buscar

Banner da loja virtual Cavenaghi