Equipamentos

Pneu Primo Cross Court – Avaliação

8

O Cross Court é um dos meus pneus preferidos e o usei por muito tempo. É um pneu fininho de alta pressão (aguenta 100 psi) fabricado pela Primo, uma das maiores fabricantes de pneus para cadeiras do mundo. O grande barato do Cross Court é que, apesar de ser fino e ter todo aspecto esportivo, ele possui pequenos gomos que não te deixam na mão em pisos pouco aderentes, o que sempre ocorre com  pneus que são totalmente lisos como o Primo V-Track e a imensa maioria dos pneus com 1″ de largura.

Além de melhorar a tração, os gomos do Cross Court também deixa a cadeira mais confortável, pois eles absorvem um bem as irregularidades do piso sem abrir mão de desempenho: a tocada com o Cross Court é muito leve e, na rua, é praticamente igual à de um pneu totalmente liso. E por falar em leve, ele também pesa muito pouco. Com 280g (24×1″), é um dos pneus mais leves que existem para cadeira de rodas.

Desvantagens? Poucas. Uma delas é que os gomos podem machucar as mãos ao tocar a cadeira, principalmente se o corrimão estiver montado próximo à roda. A outra é que nunca vi esse pneu à venda no Brasil. Na minha opinião, porque os lojistas papam mosca, já que é um ótimo pneu e custa barato fora do Brasil.

Para fechar, a durabilidade do Cross Court é igual à da maioria dos pneus que já testei, e ele está disponível apenas no tamanho 24×1″ (25-540). Se você usa roda X-Core de 3 pontas, tamanho 25×1″ (25-559), a Primo tem um pneu parecido que é o Passage.

Veredito: gosto muito e recomendo!

Primo Cross Court

Tamanho disponível: 24×1″ (25-540)
Peso:
280g (cada)
Pressão máxima:
100 PSI
Cores: cinza/preto
Preço nos EUA (par): U$ 32 (sportaid)

Vantagens: peso, desempenho, aderência, preço, visual esportivo.
Desvantagens: gomos podem machucar a mão, só é encontrado fora do Brasil.

Sobre o autor / 

Eduardo Camara

Se não está viajando, está pedalando. Muitas vezes, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo.

Artigos relacionados

8 Comentários

  1. Celso Ricardo (TT) quarta-feira, 15 de dezembro de 2010 em 14:01 -  Responder

    Fala ai Eduardo…. blz
    Cara, observei q vc colocou o preço de referência do site Sportaid… Vc já fez compra deles? caso tenha feito, utilizou algum despachante para administrar a importação?
    Me ajuda com algumas dicas…
    Muito obrigado e abração

    dezembro 15th, 2010 - 14:54
    Eduardo Camara respondeu:

    Oi Celso,

    Já comprei várias vezes na Sportaid, mas pedi para entregarem no hotel ou na casa de alguém lá nos EUA que depois trouxe pra mim. Mas eles mandam pelo correio sim e, até 500 dólares, não precisa de despachante. Só pede para eles mandarem pelo USPS (correio americano). Se não me engano, o próprio Nickolas do blog já comprou assim e chegou numa boa. Às vezes, quando é abaixo de 50 dólares, nem imposto paga.

    Abraços!

    dezembro 16th, 2010 - 11:18
    Christian Matsuy respondeu:

    Celso,
    também já comprei pneus e outras miudezas na Sportaid (coisas abaixo de 50 dolares) e chegou tranquilo sem impostos extras, só a postagem mesmo.

    abraços!

  2. Nickolas quarta-feira, 15 de dezembro de 2010 em 20:07 -  Responder

    Acho que já vi essas rodas em algum lugar… eheheh
    Tenho usado os pneus com 120 psi sem problemas. A tração não ficou prejudicada e a maior pressão deixou a cadeira mais leve em pisos lisos.
    Quanto às compras na Sportaid, recomendo. Sempre que preciso de algo, compro nesse site. Já pedi entregas diretamente em hotel nos EUA, foram extremamente pontuais. Chegou exatamente no dia marcado. Algumas vezes recebi aqui no Brasil, mas aí depende da sorte: às vezes cai na receita e te cobram imposto, às vezes chega direto na sua casa. Não tem um padrão de preços, pois a regra da isenção abaixo dos US$ 50 só vale quando a encomenda vem de uma pessoa física. Já paguei sobre encomendas de US$ 40 e recebi sem imposto outra de US$ 120. O detalhe é que o imposto incide sobre o preço da mercadoria e também sobre o frete, às vezes pode dobrar o valor da encomenda.

  3. Émerson quarta-feira, 23 de novembro de 2011 em 22:08 -  Responder

    Saudações.
    Gente, estamos realizando uma pesquisa de Mestrado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul sobre acessibilidade no mobiliário urbano. Ela é direcionada especificamente às pessoas em cadeira de rodas. Tal pesquisa visa melhorar os projetos e implantações do mobiliário urbano no que se refere à acessibilidade.

    Colaborem preenchendo o questionário:
    http://wirti.org/uso

    Sinceros abraços.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Publicidade

Facebook