Acessibilidade, Bares e Restaurantes, Geral, Locais visitados

Mori Sushi – São Paulo

18

You are currently browsing comments. If you would like to return to the full story, you can read the full entry here: “Mori Sushi – São Paulo”.

Sobre o autor / 

Christian Matsuy

Cadeirante, paulistano bom gourmet e piloto profissional (de autorama)

Artigos relacionados

18 Comentários

  1. Maria Alice Furrer Matos quinta-feira, 20 de janeiro de 2011 em 14:27 -  Responder

    Ótima postagem!!!
    Infelizmente a realidade é esta, as pessoas acham que o estabelecimento é acessível a partir do momento que constroem uma rampa, colocam elevadores… Porém acessibilidade não é só isso, e sim tornar todos ambientes seguros e acessíveis, para qualquer indivíduo, independente se o mesmo tem alguma necessidade especial.
    Parabéns pelo post, pois de forma pacífica, mudamos a visão de um maior número de pessoas em relação a real acessibilidade!!

    janeiro 21st, 2011 - 20:05
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Maria Alice,

    obrigado pelo elogío!
    realmente temos que ficar atentos a lugares “pseu-acessíveis, mas dadas as circunstâncias já vi projetos bem piores, o caso do Mori é de solução fácil, acho que se resolvessem o lance da mesa, já seria passível de nota 9!

    beijo,
    Christian

  2. Thiago quinta-feira, 20 de janeiro de 2011 em 15:28 -  Responder

    Olá muito interessante essa reportagem, como dito em postagem anterior no blog, infelizmente os bares e restaurantes que mais investem são aqueles que na hora de pagar a conta temos que deixar a cadeira em penhor (risos), odeio esbarrar minhas pernas nas mesas e geralmente abaixo das fórmicas se escondem um ninho de pontas de parafusos e madeira ponti agudos.
    Preciso saber uma coisa e caso alguém do blog possa me auxiliar, estou comprando uma star lite da ortobras, preço e poder de compra é a que dá no momento, sou cadeirante lm c5 e c6 incompleta, chego a passar por para, enfim piloto um honda civic e muito bem por sinal hehe.. tenho uma cadeira ortobras fecha em x, se condições de guarda-la no porta malas, então essa star lite me fez até brilhar os olhinhos e ver uma promessa de independencia maior, já que a transferencia faço sózinho ( bolei um sistema de prancha que gira 360). A pergunta é a seguinte queria saber se existe alguma regulagem que faça a roda não ficar muito acima do nivel do acento, pois no fim é isso que atrapalha qualquer cadeirante, medi a ortobras e altura do chão áo acento dá uns 44 cm do solo, pensei que deve ter alguma regulagem pra afastar a roda ou subir o acento, nossa mais fácil reinventar a polvora do que comprar uma cadeira sem errar. se alguém souber me explicar, pode ter certeza que fico grato.

    Até mais amigos .
    Um abraço
    Thiago Gabriel
    Cadeirante de Curitiba
    Há 8 anos

    janeiro 21st, 2011 - 20:16
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Thiago,

    estou sempre de olho aqui em São Paulo em busca de locais com valores mais baixos e que sejam acessíveis, mas está difícil!

    quanto a sua dúvida com a cadeira, sugiro que você posto sua dúvida na nossa comunidade do orkut (o link está ai do lado esquerdo) assim outros cadeirantes poderão lhe ajudar, al-ém do que sua dúvida fica em aberto pra todos lerem vindo a esclarecer futuras dúvidas de outras pessoas.

    Abraço!
    Christian

  3. Thiago quinta-feira, 20 de janeiro de 2011 em 15:31 -  Responder

    Um adendo aqui, meu objetivo é recolher a cadeira de rodas e acomodá-la no banco do passageiro, sem ajuda.
    bem exemplificado nesse vídeo.

    http://www.youtube.com/watch?v=-ctqe9OHQy0

    Att. Thiago

  4. Ilma quinta-feira, 20 de janeiro de 2011 em 21:40 -  Responder

    Acho bem legal esses post sobre lugares acessiveis, excelente pra antecipar informações pra que gosta de trafegar pela cidade e escolher restaurante bacanas. Outro dia fui num restaurante bem badalado aqui de Fortaleza, mas que infelizmente não atende as necessidades dessa clientela de cadeirantes. As calçadas com guias rebaixadas, pois o restaurante fica numa das princípais areas gastronomicas de fortaleza, mas que ao adentrar o recinto e beber algumas cervejinhas vc passa por um gde contrangimento. Como entrar no banehiro, com porta estreita, batentes, ou seja nenhuma possibilidade de passar ali na cadeira de rodas. Já que estavamos lá, comemorando o niver de um amigo e não se atentou para esse “requisito imprensídivel” banheiro adptado tive que ser transferida para uma cadeira comum e em seguida ser carregada por dois garçons até o recinto..rs…Mas uma coisa me chamou atenção logo que entrei no banheiro…uma das cabines tinha porta larga, ou seja, fizeram um “arranjo” mto mal feito pra engabelar os desavisados…

    janeiro 21st, 2011 - 20:21
    Christian Matsuy respondeu:

    Olá Ilma,

    Obrigado pela sua visita ao blog.
    Ainda estamos engatinhando aqui no mapeamento de bons lugares acessíveis em São Paulo, mas já temos uma quatidade legal de lugares a serem visitados, aidéia é justamente esse, de “avisar os desavisados” nada como fotos e a descrição de quem esteve no lugar na condição de cadeirante para saber se a acessibilidade funciona!

    beijo
    Christian

  5. Eduardo Camara sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 em 14:03 -  Responder

    Post perfeito e o restaurante é lindo e muuito legal! Já fui em alguns bares e restaurantes onde apenas o banheiro feminino é adaptado. Não é o ideal, mas já fiz até amizade com uma menina que conheci dentro do banheiro, ahahaha! Também gostei daquela pia de quina (linda!) e só acho que a galera tinha que tomar mais cuidado com esses pés de mesa. Aquele modelo da foto é muito ruim… Os que tem um disco no pé com a coluna central são bem melhores e adequados pra gente. Pena que ninguém se toca disso… ABraços!

    janeiro 21st, 2011 - 20:25
    Christian Matsuy respondeu:

    Fala Dado,

    existem mesas desse tipo no Mori, porém os discos da base são altos com uns 5cm ou mais de altura e com diâmetro muito grande o que torna mais difícil de entrar embaixo com a cadeira do que na foto da mesa postada acima, já aconteceu de eu pegar esse tipo de mesa que você disse, realmente é fácil, a roda dianteira pode até ficar em cima da base.

    abraço!
    Christian

  6. Ilma sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 em 21:01 -  Responder

    Obrigada pelas dicas. Com certeza qdo for em sp vou observar essas dicas…rs…

  7. Mônica Dias sexta-feira, 28 de janeiro de 2011 em 01:52 -  Responder

    Olha… estou encantada pelo blog! Já faz três noites que me “debruço” nos textos e na NBR9050 a fim de aprender o que não se aprende (infelizmente), na faculdade. Sou arquiteta e atualmente estou trabalhando num projeto de um escritório de contabilidade com acessibilidade. É uma pena que nem todo empregador tenha essa preocupação. E não só com quem vai trabalhar lá, mas e os clientes? Idosos? Tenho pais idosos e sei das dificuldades que eles têm. Eu mesma já precisei usar, por três meses, moletas axilares e senti na pele as dificuldades de andar pela rua, trabalhar e viver na minha própria casa. Sei que ainda estou “engatinhando” nesse universo, mas estou tentando e sei que os próximos projetos terão sempre esta preocupação. Obrigada pela ajuda!

    janeiro 28th, 2011 - 21:02
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Mônica!
    Agradecemos muito sua visita ao blog!
    Fique à vontade para comentar os posts e esperamos que encontre informações úteis ao seu trabalho.

    beijo,
    Christian

  8. Fábio A. de Mello terça-feira, 1 de fevereiro de 2011 em 10:53 -  Responder

    O Mori Sushi agradece a visita, os elogios e, principalmente, as observações.

    O restaurante informa ainda que estará atento aos detalhes citados, buscando melhorar sempre.

    Obrigado!

    Comunicare Consultoria de Comunicação
    Assessoria de Imprensa do Mori Sushi

    fevereiro 1st, 2011 - 18:34
    Christian Matsuy respondeu:

    olá Fábio,

    Agradecemos sua visita ao blog!
    Entre os estabelecimentos visitados por nós, poucos nos dão retorno sobre nossa avaliação.

    Abraço,
    Christian

  9. David Menezes quarta-feira, 10 de agosto de 2011 em 17:27 -  Responder

    Muito bom o Blog, parabens…. Eu estava procurando avaliações sobre o mori sushi, que eu ja havia ido, mas não custa, alguns restaurantes mudam e ficam ruins. E acabei vendo uma avaliação por outra otica. Gsotei!!!

    Irei indicar o blog para amigos cadeirantes, se é que ja nnao o conhecem!

    abraço

    agosto 11th, 2011 - 12:19
    Christian Matsuy respondeu:

    Valeu David!
    o blog agradece a sua visita!
    ao poucos vamos publicando outros locais.

    abraço,
    Christian

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Handbikes

Publicidade

Facebook