Dicas quentes para o Inverno

imagem ilustrando o frioEstamos no Inverno, e esse ano ele veio caprichado. Deve ser por causa desses lances de aquecimento global e essas coisas todas, enfim, não estou aqui pra dar uma de meteorologista, só sei que tá um frio chato! Em São Paulo, pelo menos, está.

O duro é ter que aguentar o comentário de alguns:

Nossa adoro esse friozinho gostoso! Vou  ficar em casa, embaixo das cobertas tomando um chocolate quente e vendo filme. Ah se eu tivesse uma lareira…”

-ENTÃO VOCÊ GOSTA DE CALOR, CARAMBA! :-/

Bom… não adianta ficar resmungando, tá frio mesmo e pronto, acabou. Só me resta buscar formas de  me esquentar. Eu sinto muito frio, mais que o normal, e creio que todos com lesão medular alta devem ficar incomodados com as temperaturas extremas, sejam elas baixas ou altas demais.

Vestuário

Se acomodar na cadeira com blusas e jaquetas grossas e pesadas, todo mundo sabe que é um incômodo terrível, sem falar que atrapalha pra tocar a cadeira, tira os movimentos (imagine isso pra que já tem poucos) e embola atrás da cadeira. É ““, como diria a Cris Costa. Eu já cheguei a usar 4 blusas pra sair de casa, mas isso vinha me incomodando demais, até que encontrei uma solução: blusa tipo segunda pele.

imagem de uma blusa tipo segunda pele
segunda pele: fina, leve e esquenta

Elas foram projetadas para a prática de esportes na neve, são leves, maleáveis e tem toda uma tecnologia que realmente segura o calor no seu corpo, fazendo você utilizar mais uma blusa por cima e pronto. Custa em média 120 reais e deve ser comprada em tamanho justo para que se tenha o efeito desejado, Pode ser encontrada em lojas virtuais e em casa de esportes e alpinismo. Eu achei através desse site aqui. Nada como sair com essa blusa mais um suéter de lã aos 8°C dessas manhãs frias e ficar tranquilo, sem incômodos. Só tem um problema: se no meio do dia esquentar, você talvez tenha que tirá-la.

Em casa

Outra coisa que me deixa incomodado é passar frio dentro da minha própria casa. Eu apelo sem dó pro aquecedor, mas infelizmente todos eles gastam uma energia lascada. E existem diversos modelos no mercado, sendo que alguns deles, além de gastar muita energia, não dão em troca o calor desejado.

Os termoventiladores são os mais baratos (cerca de 60 a 90 Reais), são leves, pequenos e práticos, porém são os menos eficientes na minha opinião. Tem o funcionamento simples com uma resistência acoplada atrás de um ventilador pequeno e fazem um barulho infernal (apesar de todas as marcas citarem nas embalagens que são silenciosos). O consumo é altíssimo: varia de 700 a 1500 Watts/hora dependendo da intensidade. O problema é que, dependendo do local, ele não funciona bem por trabalhar com o aquecimento vagaroso do ar ambiente. Se houver portas abertas e corrente de ar, esqueça. Nem deixando ele perto (o que não é aconselhável), o ambiente esquenta rápido. Leva horas!

imagem de um termoventilador
Termoventiladores: baratos, mas pouco funcionais

Outro modelo que já testei foi o aquecedor à óleo, extremamente pesado, difícil de se transportar, e um vilão da sua conta de luz pois, dependendo do modelo, pode gastar até 3000 Watts! Imitam o sistema de calefação de casas americanas, mas demoram muito pra esquentar o ambiente. São seguros e silenciosos, mas na minha opinião têm um péssimo custo/benefício.

imagem de um aquecedor a óleo
Aquecedor à óleo: não compensa!

Os aquecedores elétricos que utilizam resistência cerâmica ou halógena são mais eficientes, além de ter um consumo um pouco mais baixo. Conseguem passar a sensação de calor de uma forma mais direcional, ou seja, se estiver virado pra você e a uma distância segura, gera uma sensação de uns 26°C mesmo em ambientes abertos. Dependendo da marca e modelo costumam ter o consumo de 400 a 1200 Watts (de acordo com o número de resistências ligadas). O preço varia de 100 a 300 Reais. Eu uso um desses com duas resistências, mas muito raramente ligo as duas. Consigo deixar meu quarto na casa dos 25°C mesmo em um dia de 10°C com o consumo de 500 Watts/hora.

imagem de um aquecedor elétrico a resistência
Aquecedor elétrico: pode-se ligar apenas uma resistência

Cuidados

Todos eles deixam o ar muito seco, então abrir a janela de vez em quando pra dar uma renovada no ar é bom. Tem o lance da bacia d’água também, mas eu não acredito muito nesse segundo método.

Cuidado com a distância que se deixa o aquecedor em relação a você. Peça para alguém que tenha a sensilibilidade normal fazer esse teste. Nunca ligue aquecedores em benjamins ou extensões comuns.

Comentários

Comentários

Christian Matsuy

Cadeirante, paulistano bom gourmet e piloto profissional (de autorama)

24 comentários em “Dicas quentes para o Inverno

  • terça-feira, 5 de julho de 2011 em 21:55
    Permalink

    Oi Christian!
    Se em Sampa a coisa tá fria, imagina aqui no Sul! Mas a maior invenção do mundo se chama lençol térmico.
    O corpo esquenta rapidinho. Não sou vendedora,representante nem nada, mas indico a todo mundo. depois do lençol térmico, passa frio quem quer.
    Beijos em todos

    Resposta
    • terça-feira, 5 de julho de 2011 em 22:22
      Permalink

      Olá Tania,

      Esse lençol deve ser muito bom! Já havia ouvido falar dele, mas nunca testei. Acabei citando alternativas para o dia, mas suadica é excelente!

      Bjo
      Christian

  • terça-feira, 5 de julho de 2011 em 22:10
    Permalink

    hahaha Post muito bom, Cris!
    Usar casaco na cadeira é UÓOOOO. E pra nos carregarem entáo? Péssimo!

    Resposta
    • terça-feira, 5 de julho de 2011 em 22:25
      Permalink

      Oi Mila!

      Eu não consigo usar blusas desse tipo jaqueta ou casacos, tem que ser fechada na frente senão me sinto muito embolado no meio dessa roupa toda… era adepto ao método “cebola” – vai colocando uma blusapor cima da outra, mas parece que resolví meu problema!

  • terça-feira, 5 de julho de 2011 em 23:08
    Permalink

    Tá, vou confessar: moro no Rio e comprei um aquecedor, rs, e tô feliz da vida. Mas não sabia das vantagens do elétrico e acabei comprando o termoventilador, que realmente tem um barulinho chato. Mas o que importa é que esquenta, bom de mais! Muito bom o post!

    Resposta
    • terça-feira, 5 de julho de 2011 em 23:37
      Permalink

      Cris,

      acho que pro “frio” que faz ai no Rio, o termoventilador é suficiente. eu comprei um por achar fácil de transportar de um cômodo p/ outro e tal, mas diante do ruído e da baixa eficiência (e consumo elevado) em dias muito frios, acabei deixando como reserva, e utilizo o elétrico convencional mesmo…

      beijo
      Christian

  • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 15:11
    Permalink

    Cris, você se importaria de dizer qual a marca do termoventilador que vc comprou? Comprei um para minha mãe da marca Delonghi, mas fiquei decepcionado com a quantidade de vento quente. Eles são minúsculos, parecendo um brinquedo ;-(.

    Já tive um a óleo que também achei uma porcaria. Só esquenta ambientes muito pequenos e depois de muito tempo. Haja conta de luz!

    Abraços
    Marcelo

    Resposta
    • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 17:51
      Permalink

      Marcelo,

      utilizo o modelo da última foto, é da Britânia e custa cerca de 120 Reais. não é termoventilador, e raramente ligo ele no máximo, deixo apenas 1 resistência ligada e é suficiente pra aquecer meu quarto, ou a sala. já esses termoventiladores são todos muito similares independente da marca, uns tem umas frescuras extras como temporizador, ou mais de duas velocidades, mas a potência da resistência nunca é superior a 1250Watts, ou seja o resultado final será sempre muito parecido, e pro frio abaixo de 15°C ele não serve.

      Abraço
      Christian

  • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 16:32
    Permalink

    Essa segunda pele sem dúvida é legal. O problema é que pode destacar muito a barriga. Aí fica deselegante. Eu acho.

    Resposta
    • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 17:46
      Permalink

      Tuca,

      não salienta não, se usar uma blusa por cima, tranquilo, eu faço assim. Usar apenas a segunda pele sem blusa por cima fica esquisito mesmo pra quem é magro, pois ela entra bem justa.

      Abraço,
      Christian

  • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 18:47
    Permalink

    Valeu pelo comentário Christian !! Você matou uma curiosidade que eu também tinha com relação aos aquecedores de resistência.

    Mas minha dúvida foi quanto ao modelo de termoventilador que a Cris comprou e gostou. Gostaria de saber a marca ;-)))

    Abraços
    Marcelo

    Resposta
    • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 22:56
      Permalink

      Oi Marcelo, a marca que comprei é Olimpia Splendid, eu acho. Mas sinceramente o Christian tá certo. O que eu tenho é bom pro frio do Rio. Mas é pequeno, parece de brinquedo e faz barulho. Acho besteira comprar um desses, melhor seguir o conselho do Christian. Bjs, Cris.

  • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 20:52
    Permalink

    Outra coisa legal, cara mas que compensa com a conta durante o inverno é um aquecedor chamado
    Econo-heat compramos pro quarto da nossa pequenina e não nos arrependemos e olha que moramos no friaca mesmo.
    Beijos

    Resposta
    • quarta-feira, 6 de julho de 2011 em 21:13
      Permalink

      A X-Power, pra quem tem mais sensibilidade a X-Sensor já resolve.

  • quinta-feira, 7 de julho de 2011 em 09:37
    Permalink

    Obrigado pela dica Cris! Que saudades tenho do meu velho aquecedor da Enxuta, que nem fabricam mais… Aquele sim, era todo em metal, e ventava quente que era uma beleza!

    Abraços
    Marcelo

    Resposta
  • quinta-feira, 7 de julho de 2011 em 17:27
    Permalink

    Outro problema de andar cheio de roupa é que suja tudo!

    Resposta
    • sábado, 9 de julho de 2011 em 00:16
      Permalink

      As mangas das blusas fican nojentas, raspam nos pneus toda hora, as vezes pegamos molhado, não tem jeito..

      Abraço!

  • sexta-feira, 8 de julho de 2011 em 11:15
    Permalink

    Gostei das dicas!

    Há pouco tempo, comecei a usar bolsa de água quente pra amenizar uma dor que me apareceu na região da cervical e braços e de brinde descobri que a cama fica quentinha a noite inteira!

    Aqui em BH o frio está bem ameno durante o dia, mas a noite eu sinto mais frio por ficar parado, aí eu começo a me contrair (mesmo sem perceber) e logo as dores começam a aparecer.

    Essa da segunda pele, nem mesmo as mulheres que sempre usaram me deram essa dica.

    Valeu!

    Resposta
    • sábado, 9 de julho de 2011 em 00:15
      Permalink

      Fala ai Gil!

      Cara é exatamente o que acontece comigo, fico todo contraído, chega no fim do dia meu pescoço e ombros estão detonados! Nesse momento que estou lhe respondendo, meu termômetro marca 8°C ! Ahh e essa segunda pele é toda própria pra esportes de inverno, então realmente funciona e não custa muito caro, haja visto que dura bastante, é uma coisa de qualidade, basta ter uma.

      Abraço
      Christian

  • terça-feira, 19 de julho de 2011 em 11:36
    Permalink

    pow desistiram do blog???

    Resposta
    • quinta-feira, 21 de julho de 2011 em 13:45
      Permalink

      Não desistimos não!
      Ando um pouco ocupado, mas assim que sobrar um tempinho escrevo alguma coisa acho que o mesmo ocorre com os outros autores!

  • quarta-feira, 28 de setembro de 2011 em 15:02
    Permalink

    Gente, comprei um pra mim tb… ahh nao tava dando! rs Mas pesquisei mto pra comprar um legal… acabei comprando o meu la na RR Maquinas.! Bom e barato de +++++++++++++++++

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest