Escada-rampa

Olá, olá. Estou sumida, eu sei, falta de tempo, coisa e tal. Mas não poderia deixar, de jeito nenhum, de postar aqui a escada-rampa mais maravilhosa que já vi. Dica do queridíssimo @horaciosoares, que mandou um twitt com o link para a imagem e a seguinte frase:

“Quando a #acessibilidade é pensanda no início, o resultado pode ser criativo, atraente e funcional.”

Escada e rampas integradas

Valeu pela dica, Horácio! Só faltou saber onde fica essa escada-rampa maravilhosa!!! Segundo nosso leitor Gil Guigon, essa escada fica em Vancouver, no Canadá. Veja a escada-rampa no Google Mapas. Valeu, Gil!

Facebook Comments

12 comentários em “Escada-rampa

  • sexta-feira, 16 de setembro de 2011 em 10:24
    Permalink

    Chique.
    Abraços,
    André

    Resposta
  • sexta-feira, 16 de setembro de 2011 em 11:31
    Permalink

    Pessoal, a escada-rampa fica em Vancouver, no Canadá. Eles estão anos luz na nossa frente…

    Segue o link:
    http://g.co/maps/rst47

    Abraços!

    setembro 16th, 2011 - 19:33
    Christian Matsuy respondeu:

    Aí sim! “fomos surpreendidos novamente!”
    Valeu pela informação!

    Abraços,
    Christian

    Resposta
  • sábado, 17 de setembro de 2011 em 21:31
    Permalink

    sorry, but…
    bonita, é sim… formalmente…
    mas, se prestarmos atenção no primeiro lance, veremos nove degraus e aí…
    1 – o “espelho” dos degraus deve ser entre 16 e 19cm, como “manda” a regrinha de projeto de escadas
    2 – longitudinalmente, os degraus estão defasados entre si em algo por volta de 1 metro… como são nove degraus, estimei o comprimento da rampa em algo próximo dos nove metros
    3 – então…a inclinação dessa rampa é algo por volta de 17,5% (dezessete e meio por cento)… um tanto quanto íngreme e fora das normas, né, não?!
    4 – não tem corrimão…

    sorry, gente, but… beleza num põe mesa e Arquiteto é chato mesmo…

    abs

    setembro 18th, 2011 - 13:50
    Bianca Marotta respondeu:

    Oi Zan,

    Concordo com vc que beleza não põe mesa e que a rampa tem seus defeitos. Tb senti falta do corrimão. Mas acho que ela é um bom exemplo que o caminho para a integração existe. Prefiro uma rampa dessas, do que aquelas que ficam escondidas num canto e não integram e incluem as pessoas. E se vc viu esses defeitos, certamente veria tb as soluções, prova de que ainda existe lugar pra fazer algo bonito e funcional ao mesmo tempo.

    Resposta
  • domingo, 18 de setembro de 2011 em 14:04
    Permalink

    Oi, Bianca
    obrigado por responder a minha crítica, que, pretendi fosse positiva…
    concordo plenamente com a necessidade da integração, no contexto mais amplo da Inclusão… ampla, geral e irrestrita!
    há muito a fazer e batalhar prá se atingir essa conquista… podemos, sim, começar com soluções para “pequenos” casos, como o das escadas e, com certeza, atingiremos as soluções para os obstáculos maiores que as cidades à plena mobilidade.
    prá isso, há que se lembrar que beleza, sem técnica e sem funcionalidade, realmente não põe mesa…
    como um marketinzinho sempre vai bem: prá escada e pros outros obstáculos, solucione/construa certo…. contrate um Arquiteto!!!

    abs

    Resposta
  • segunda-feira, 28 de novembro de 2011 em 12:36
    Permalink

    Assim que vi achei o máximo essa rampa, no entanto analizando com calma ela possui erros, nao se adequando à nbr9050 de acessibilidade.. mas a ideia é muito legal 🙂

    Resposta
  • quinta-feira, 15 de dezembro de 2011 em 11:03
    Permalink

    pena que aqui no brasil o bombeiro JAMAIS aprovaria uma ideia destas, visto que nao possui guarda corpo

    dezembro 18th, 2011 - 13:34
    Christian Matsuy respondeu:

    Olá Daniel,

    é bem provável mesmo. Uma pena que os Bombeiros liberam alvarás em lugares sem as mínimas condições de acessibilidade, mas é assim mesmo. Isso chama Brasil. .
    Essa escada no Canadá com certeza deve fornecer outro acesso dentro das normas vigentes lá e ela é mais uma obra modelo conceitual mesmo.

    Abraços!
    Christian

    Resposta
  • quarta-feira, 14 de março de 2012 em 11:44
    Permalink

    Não tenho muita habilidade em pesquisar sites, na verdade não gosto muito de computador, tenho tendinite e sinto muitas dores nos ombros, meu trabalho já exige muito, mas gostaria de ajuda com relação a medidas para podermos construir pequenas rampas em meu trabalho para usuários cadeirantes. Construimos algumas mas percebemos que ficaram curtas e altas, sendo necessário alguem para ajudar no acesso de cadeirantes.
    Espero uma ajuda de vocês. Aguardo contato.
    Desde já, obrigada pelo auxílio.

    março 31st, 2012 - 14:22
    Eduardo Camara respondeu:

    Andreia,

    Pela norma ABNT9050, as rampas devem ter no máximo 8,33% ou 12,5% de inclinação, dependendo do caso. Nesse link você pode baixar as normas com imagens:

    http://www.mpdft.gov.br/sicorde/NBR9050-31052004.pdf

    Abraços!

    Resposta
  • quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 em 13:19
    Permalink

    Existe uma escada-rampa idêntica ao lado do complexo do banco itau no Jabaquara. É só pesquisar estação Conceição no google maps e ver ao lado do ponto de ônibus.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook

Pin It on Pinterest