Equipamentos, Reatech, Transporte

Doblô – Adaptação com assosalho baixo

16

Soltando o vídeo da Doblô com rebaixamento de assoalho na parte traseira, leva quatro pessoas sentadas mais um cadeirante com sistema de segurança de fixação da cadeira. Ainda tem o cinto de segurança de três pontos que te deixa com muita comodidade e estabilidade, sou tetra alto e tenho muito pouco equilíbrio, me senti completamente “amarrado”! Perfeito!

rampa com inclinação boa + auxílio dos contos retráteis

rampa com inclinação boa + auxílio dos cintos retráteis

Outra grande vantagem é que não precisa modificar o teto do carro, e essa adaptação serve na Peugeot Partner também.

O sistema de rampa com cintos retráteis que auxiliam tanto no embarque como no desembarque, e ao meu ver é mais simples que o sistema hidráulico do outro modelo apresentado.

Essa adaptação é comercializada pela Cavenaghi.

Sobre o autor / 

Christian Matsuy

Cadeirante, paulistano bom gourmet e piloto profissional (de autorama)

Artigos relacionados

16 Comentários

  1. Andre Sazonov segunda-feira, 16 de abril de 2012 em 02:10 -  Responder

    Domingo esta cheio de domingueiros em todo lugar e eles nao poderia deixar de estar na feira… Claro q a feira é para todos mas os que nao tem deficiencia poderiam ter um pouco de noção e nao impactar os corredores nao ocuparem lugares em filas de demonstracao q nao poderao usar, ex ? nunca fiz ecoterapia e fui fazer um teste drive, na minha frente tinha 3 garotas muito sem noção e q nao tinham nenhuma deficiencia sendo que o test-drive era so para pessoas com deficiencia e la estavam as 3 ocupando lugares na fila e aumentando ela, pow fiquei muito puto, se fosse bonitas pelo menos ainda dava um ponto rs outra coisa q fico doido é criança correndo e andando pra frente olhando pra traz, puts atropelei umas 3 rs, onde estavam os pais ? deviam estar na fila de ecoterapia ou tentando uma cadeira eletrica…

    Outra coisa absurda é o valor de um tutor longo, 25.000, e alguem acha q eh feito de algum super material ? nada, é feito de aço, muita palhaçada, acho q essas empresas acham que todo paraplegico é rico? o meu eu consegui de graça pelo HC de SP mas tem gente que nao sabe que consegue atravez do governo e nao tem condincoes de pagar toda essa furtuna, claro q o tutor q ganhei do HC nao é “bonito” igual pq os 2 sao zuados mas esse de 25.000 eh muito mais bem acabado mas nada que justifique esse valor todo

  2. Marcos Aurelio Giglio quinta-feira, 19 de abril de 2012 em 22:20 -  Responder

    Christian, costumo usar os doblos com plataforma. Aqui no RJ tem uma cooperativa especial que os utiliza. Creio que esse modelo com o piso rebaixado, além de mais prático, seja mais confortável. Devido estar numa altura mais baixa, deve balançar bem menos a cadeira, além de estar quase no mesmo nível dos demais passageiros. Vale lembrar que cabe um passageiro a mais que na outra opção.

    abril 19th, 2012 - 22:26
    Christian Matsuy respondeu:

    Sim Marcos, essa adaptação é mais barata, simples e deve dar menos manutenção por nao ter nada hidráulico, a rampae dobrada manualmente e não é necessário aumentar a altura do carro. Achei bem mais interessante!

  3. CARLA segunda-feira, 21 de maio de 2012 em 09:52 -  Responder

    Bom dia
    Gostaria de saber o valor para adaptação de rampa em doblo sou de Niteroi.

    maio 21st, 2012 - 14:17
    Eduardo Camara respondeu:

    Carla, entra em contato com a Cavenaghi! http://www.cavenaghi.com.br

  4. gil sábado, 26 de maio de 2012 em 18:57 -  Responder

    HISTORIA DO KELVIN

    OLA NOSSOS AMIGOS Claudemir Bonani Bonani E Elaine Bonani ESTÃO PRECISANDO DE AJUDA PARA ELES LEVAR O KELVIN COM MAS SEGURANÇA E CONFORTO E CARRO DOBLO MAS É MUITO CARO JA PEDIMOS PARA VARIOS PROGAMA POR FAVOR AJUDE ESTA FAMILA. NOSSO CELULAR É 16-9724-1013 FALAR COM GILVANIA OBRIGADA.

    ESTA É A HISTORIA DA FAMILIA DO PEQUENO KELVIN:

    Logo que começamos a namorar, eu e minha esposa já fazíamos planos de construir uma família unida e feliz, com filhos correndo pelo quintal de nossa casa.
    Foi com muita dificuldade que conseguimos realizar nosso sonho, nos casamos e depois de sete anos, ¨Deus¨ nos abençoou com o bem mais precioso que temos hoje em nossa vida, o Kelvin, um menino saudável, alegre, participativo, feliz, e já estava esquecendo de dizer, peralta, muito peralta, que saudade dessa época, isso demonstrava o quanto ele era saudável.
    Lembro-me como se fosse hoje, daquela manhã de segunda-feira ( 22/09/2008 ), quando fui acordar o Kelvin para levá-lo a escola, uma das coisas que ele mais adorava fazer era ir para a escolinha, mais nesse dia ele estava totalmente diferente, estava tremulo, abatido, nem parecia aquele menino que no dia anterior correu, pulou, brincou, bagunçou toda a casa, nós não acreditávamos no que estávamos vendo, nosso menino estava totalmente apático, sem vida, levamos até o hospital de nossa cidade Itápolis – SP, onde ele foi atendido, medicado e ficou em observação, foi liberado sem nenhum diagnostico concreto, chegando em casa ele começou a ter crises de convulsão, uma atrás da outra, corremos novamente ao hospital, os médicos tentaram de tudo para cessar as convulsões mas como não foi possível, eles acharam melhor interna-lo na UTI, onde passou 04 dias, nesses dias na UTI não houve melhora, ele continuava com as crises de convulsões, agora com menor intervalo entre uma e outra, não respondia aos medicamentos, as aplicações, não obtendo nenhum resultado e sem nenhum diagnostico concreto, ele foi transferido para o hospital de base da cidade de São José do Rio Preto, onde ficou 10 dias na UTI e depois 50 dias no quarto, e nesse tempo nosso pequeno príncipe travava uma nova luta pela vida, pois ele perdeu a fala, o andar, o entendimento e não conseguia mais comer, engolir, perdeu todos os movimentos.
    Sem solução, sem diagnostico para caso do Kelvin o hospital base de São José do Rio Preto resolveu transferir para o hospital do HC – Ribeirão Preto, onde ele se consulta até hoje, porém o caso dele não tem diagnostico.
    Hoje Kelvin está com 07 anos, 38 kilos e tem 1,42 de altura, como podem ver é um meninão.
    nenhuma
    Eu e minha esposa sempre tivemos muita saúde, e sempre trabalhamos fora, para poder construir e manter nossa família, mas devido ao acontecido com o Kelvin, minha esposa teve que sair do emprego, para poder ficar com ele, pois ele se alimenta por sonda e tem diariamente de 15 a 20 crises de convulsão, e não tem controle e nem sustentação de seu corpo.
    Nossa vida sempre foi apertada quando nós dois trabalhávamos, imagine agora só eu estou trabalhando, tenho me desdobrado para arcar com todos os compromissos que temos em nosso lar, mas confesso que não tenho conseguido pagar as despesas de casa e do tratamento do Kelvin.
    Nós temos um carro Fiat uno, o qual transporta o Kelvin de Itápolis para o HC de Ribeirão Preto, e também para outros tratamentos que ele faz, e como nosso carro é muito pequeno e temos que ir, eu, minha esposa que leva o Kelvin no colo, pois ela tem que segura-lo, como informei ele não tem controle do corpo, e durante as viagens que é muito longa e totalmente desconfortável, ele se agita e geme muito de dor, e ainda temos que levar a cadeira de rodas, essa é colocada no porta malas e o carro segue viagem com a porta aberta, é muito triste para nós ver tudo o que aconteceu com o Kelvin, ver ele gemendo de dor a cada vez que temos que sair de casa .
    Por muitas vezes me pego, questionando “Deus”…, como isso pode acontecer com o nosso filho?, Um menino super saudável amava ir para a escolinha, chamava a atenção quando chegávamos aos lugares pelo o seu jeito comunicativo, e hoje é um menino totalmente dependente, que tem uma crise de convulsão atrás da outra, não brinca mais com seus amiguinhos, passando o dia inteiro deitado. É nessas horas de questionamento, que olho para o rosto do meu pequeno Kelvin e vejo em seus olhos o mesmo brilho de quando o peguei no colo pela primeira vez, e é esse brilho no olhar dele que me da força para continuar.
    A minha vontade mesmo era de estar escrevendo para oferecer algo e não escrever para pedir, mas infelizmente me encontro nessa situação e peço com toda a minha humildade se vocês podem me ajudar.
    Gostaria de ter um carro maior com porta de correr, para poder transportá-lo com um pouco mais de conforto, é tão doloroso para nós, vermos o sofrimento dele.
    Vejam o que podem fazer para me ajudar, qualquer ajuda é muito bem vinda.

    Muito Obrigado,

  5. Jeferson Brant quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 em 17:03 -  Responder

    Estou querendo comprar um doblo adaptado para cadeirante,

    gostaria de saber quanto se paga geralmente por essa adaptação, pois fiz um orçamento de um fiat doblo piso rebaixado em uma certa empresa que ficou por R$ 27.990,00…

    achei bem caro.

  6. Frederico Hajdu quarta-feira, 6 de março de 2013 em 12:51 -  Responder

    Parabéns a toda a comunidade e colaboradores. Recentemente ajudei uma cadeirante que ao tentar subir em um ônibus adptado, caiu na calçada. Diante dos olhares perplexos de todos, eu e um outro o cidadão a reconduzimos a sua cadeira manual e por fim conseguiu embarcar.
    Existe uma cadeira elétrica muito melhor do que outra ou talvez uma muito ruim? Penso em fazer uma doação para a menina que ajudei a subir no ônibus e gostaria de ouvir a opinião de quem conhece o assunto. me deparei com tantos modelos e faixas de preço……Frederico Hajdu

  7. gorete quarta-feira, 8 de maio de 2013 em 13:19 -  Responder

    quero saber o preço da rampa

  8. Lucimar Medeiros quinta-feira, 20 de junho de 2013 em 17:10 -  Responder

    Tenho um filho deficiente de 18 anos,que é um neném,preciso muito adapitar um jeito de entrar com a cadeira de rodas no carro pois não estou mais aguentado carregar ele no colo,vcs poderiam me dar alguma ideia.Obrigado,

    junho 22nd, 2013 - 18:12
    Christian Matsuy respondeu:

    Lucimar,

    A solução seria fazer essa adaptação ou usar um guincho que é adaptado na porta do carro, a Cavenaghi comercializa essas duas soluções, entre em contato com eles:

    http://www.cavenaghi.com.br

  9. Jose Geraldo Vigilato terça-feira, 17 de setembro de 2013 em 15:49 -  Responder

    Gostei muito de saber da existencia desse doblo com o fundo rebaixado, é uma otima soluçao para cadeirante.

  10. mario lucio s andrade terça-feira, 17 de setembro de 2013 em 17:08 -  Responder

    sou cadeirante e temos um doblô advance.
    gostaria de saber preço de uma rampa pra adaptar no porta malas ,minha cadeira é elética,rampa simples,PREÇO,Obrigado!

    setembro 17th, 2013 - 17:11
    Christian Matsuy respondeu:

    Mario,

    nós não vendemos o produto, que vende é a Cavenaghi.
    http://www.cavenaghi.com.br

    entre em contato com eles e obtenha maiores informações sobre preço!

    abraços,

  11. mario lucio s andrade terça-feira, 17 de setembro de 2013 em 17:13 -  Responder

    preço da plataforma simples doblô advance(cadeira eletrica)obrigado!

  12. Sergio segunda-feira, 5 de maio de 2014 em 19:07 -  Responder

    Gostei muito deste modelo, vou procurar a empresa para pegar mais informações.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão indicados com *

Connect with Facebook

Handbikes

Publicidade

Facebook